“1 objeto de casa que parece inocente quase MATOU meu bebê”