Bebê de 2 meses perde a vida na Bahia após tomar um mingau

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Polícia acredita que o bebê morreu porque engasgou com o mingau, entenda o caso

Um bebê de apenas dois meses morreu após comer um mingau. O triste caso ocorreu no município de Caravelas na Bahia no domingo de Natal (25).

O delegado Jorge Nascimento, responsável pelo caso, informou o portal G1 que o bebê era menino e de acordo com seus familiares havia acabado de comer um mingau e foi colocado para dormir. A suspeita é de que ele tenha se engasgado com a comida.

Links Patrocinados

Ainda de acordo com o delegado, a avó materna da criança foi quem percebeu que o menino estava sem respirar. Segundo a polícia, o bebê não apresentava nenhuma lesão, mas tinha sinais de que morreu engasgado.

O caso foi registrado na delegacia de Teixeira de Freitas, onde fica a sede da 8ª Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Coorpin). E exames de necrópsia já foram realizados no menino para confirmar se o engasgo pelo mingau foi o real motivo da morte.

Links Patrocinados

Os riscos de introduzir alimentos antes dos 6 meses

A orientação da Sociedade Brasileira de Pediatria e do Ministério da Saúde é oferecer alimentos sólidos para os bebês apenas após os seis meses de vida. Este triste caso mostra os graves riscos de se oferecer alimentos para os bebês antes dos seis meses de vida. Os bebês naturalmente já correm maior risco de engasgar porque possuem vias aéreas mais estreitas o que aumenta as chances de um alimento ou líquido ficar obstruído. Mas quando se trata de um bebê menor de quatro meses o risco de engasgar é ainda maior, pois os músculos do bebê ainda não conseguem coordenar a sucção e o engolir dos alimentos sólidos ou líquidos mais densos do que a fórmula ou leite materno, assim os riscos do pequeno engasgar são maiores.

Além disso, antes dos seis meses, o sistema digestivo do bebê está imaturo. Assim é mais fácil para os pequenos desenvolverem alergias alimentares se ingerirem sólidos antes dos seis meses.

Por fim, quando os bebês comem alimentos sólidos antes dos seis meses, eles não conseguem mais aproveitar todos os nutrientes vindos do leite materno ou da fórmula.

Saiba mais sobre os riscos de introduzir alimentos para os bebês antes dos seis meses aqui. E saiba como salvar um bebê que está engasgado aqui. E veja os sinais que o bebê dá de que está pronto para comer alimentos sólidos aqui.

Fontes consultadas:

Universidade da Califórnia, Estados Unidos.

Clínica Mayo

Veja mais

Comentários

Links Patrocinados