Bebê nasce dias após limite permitido pro aborto e sobrevive!

Por: Bruna Romanini



bebe extremamente prematuro

Foto: Reprodução DailyMail – Esta bebê nasceu com apenas 23 semanas de gestação

Por apenas uma semana e meros 10 gramas, o nascimento da bebê Hailie não foi considerado um aborto espontâneo

Por apenas uma semana e 10 gramas o nascimento da pequena Hailie não foi considerado um caso de aborto espontâneo. Isto porque a bebê nasceu com 23 semanas de gestação e pesando apenas 510 gramas. O aborto é definido como a interrupção da gravidez até 22 semanas de gestação e/ou quando o bebê nasce pesando menos de 500 gramas.

A mamãe de Hailie, Cheri Price, 22 anos, da Inglaterra, entrou em trabalho de parto com apenas 20 semanas de gestação. Ela e o marido tiveram que percorrer 482 quilômetros para que Cheri ficasse internada em um hospital onde a filha deles tivesse maiores chances de sobreviver a um parto extremamente prematuro.

Cadastre-se

No hospital, Cheri conseguiu segurar a gestação até 23 semanas e então Hailie nasceu no dia 23 de fevereiro de 2017. A pequena era tão prematura que teve que ser ressuscitada assim que veio ao mundo. Ela ficou sete minutos sem respirar. Seu corpinho estava tão pouco desenvolvido que seus pais lembram-se que podiam ver todas as veias da filha.

Após o nascimento, passaram-se 18 longos dias até que Cheri conseguisse segurar sua filha no colo pela primeira vez. A pequena teve que ficar quatro meses internada no hospital e enfrentou uma série de complicações. “Nós achamos que iriamos perde-la tantas vezes! Eu tenho tanto orgulho da minha filha e do que ela conseguiu enfrentar. Porque ela enfrentou coisas terríveis”, contou Cheri em entrevista ao jornal britânico DailyMail.

Agora, com um ano de vida, a pequena Hailie é uma bebê muito saudável! Veja a seguir algumas fotos dela atualmente:

Veja mais

Comentários





Veja mais