Bebê nasce prematuro e com concentração de álcool no sangue 10 vezes acima do limite

Por: Bruna Romanini

Foto: Reprodução – Entenda este triste caso a seguir

A mãe estava consumindo bebidas alcoólicas quando entrou em trabalho de parto, entenda o que aconteceu

Uma gestante estava bebendo vinho enquanto assistia a um jogo da Copa do Mundo quando entrou em trabalho de parto prematuro. A grávida polonesa foi levada para um centro médico e após sete minutos no hospital ela deu à luz um bebê prematuro. O bebê nasceu com 31 semanas de gestação, ou seja, dois meses antes do esperado.

Os médicos ficaram em choque ao descobrir que o bebê prematuro ainda tinha uma concentração de álcool no sangue 10 vezes acima do limite. A mãe, por sua vez, tinha uma concentração de álcool no sangue cinco vezes acima do limite.

Cadastre-se

Assim que nasceu o bebê foi encaminhado para o Hospital Universidade de Opole, também na Polônia, devido ao seu grave estado de saúde. “Foi um parto muito prematuro, com apenas 31 semanas de gestação”, explicou o Dr. Czeslaw Milejski, que acompanhou o parto, em entrevista ao portal Kidspot.

O bebê está internado e sob observação médica. Segundo os médicos, ainda é cedo para dizer se o consumo excessivo de álcool por parte de sua mãe causou danos permanentes no pequeno.

A mãe está sendo investigada pela polícia. Ela deixou o hospital por conta própria no dia seguinte e está em casa. A mulher tem outros três filhos.

Foto: Reprodução – O hospital onde o bebê está internado

Veja mais

Comentários





Veja mais