Produto pra bebê famoso é tirado das prateleiras por risco de morte

Por: Bruna Romanini

Foto: Reprodução

12 recém-nascidos já perderam a vida por causa dos “segura-bebê” ou posicionadores, entenda o caso a seguir

O Food and Drug Administration (FDA), órgão do governo dos Estados Unidos que regula os remédios e alimentos e outros produtos, fez um importante alerta para os riscos dos posicionadores para bebês dormires, também conhecidos como “segura-bebê”, e os ninhos para bebês.

De acordo com o órgão, estes produtos aumentam o risco de morte dos bebês. Isto porque eles podem fazer os bebês sufocarem ao virarem para os lados e então levar a morte. O alerta foi feito após a morte de doze recém-nascidos.

Cadastre-se

Diante deste alerta, as principais lojas dos Estados Unidos e também do Reino Unido decidiram banir estes produtos de suas prateleiras. Tesco, EBay, Mothercare e John Lewis já retiraram os produtos de suas lojas, tanto físicas quanto online.

Estes produtos continuam sendo vendidos normalmente no Brasil e não há alerta neles sobre seus riscos para os bebês.

É importante deixar claro que o sono seguro do bebê deve ocorrer no berço ou naqueles berços acoplados a cama dos pais. Além disso, um ambiente seguro para o bebê dormir não deve ter travesseiros, não deve ter protetores de berço, não deve ter brinquedos ou outros objetos e não deve ter lençol ou cobertor soltos. O colchão também precisa ser firme.

Veja aqui outros produtos para bebês que foram banidos em outros países, mas continuam sendo vendidos no Brasil.

Veja mais

turma da monica fraldas
queimadura mangueira bebê

Deixe uma resposta

Comentários

Veja Mais