Recém-nascido volta à vida após ficar congelado por três dias! Entenda:

Por: Bruna Romanini



Foto: Reprodução Daily Mail – Confira a impressionante história deste bebê a seguir

Apenas uma hora e meia após ter nascido, o recém-nascido parou de respirar, então os médicos fizeram algo impressionante

Um recém-nascido voltou à vida após passar três dias congelado! O pequeno Simon Meanwell, hoje com seis meses, nasceu em Lincolnshire na Inglaterra. Uma hora e meia após o seu nascimento, o bebê parou de respirar de forma repentina.

Os médicos então correram para encaminhar o bebê a uma clínica neonatal. Quando colocaram Simon na ambulância, os médicos decidiram deixa-lo em uma espécie de cobertor refrigerado durante o transporte e ao chegar no hospital.

Cadastre-se

O bebê ficou três dias neste coberto. Este cobertor conta com um sistema de circulação de água gelada que fez com que a temperatura corporal do bebê baixasse 4 graus celsius, passando da média de 37°C para 33°C, isto é o equivalente médico a ser refrigerado.

Este tipo de tratamento é relativamente novo e pensado para impedir que bebês privados de oxigênio sofram convulsões retardando a produção de substâncias nocivas em seus cérebros e diminuindo a taxa de morte das células cerebrais.

Os pais de Simon, James e Helen Meanwell, acreditam que foi este cobertor que salvou a vida de seu filho. Eles decidiram compartilhar a história do pequeno para mostrar a importância deste nova tecnologia e assim estimular para que mais cobertores como este sejam feitos.

Este cobertor proporciona um tipo de tratamento chamado de hipotermia terapêutica e algumas pesquisas sugerem que ele reduz o risco de convulsões em bebês que ficaram sem respirar em 25 a 50%!

Os bebês podem ficar até 72 horas dentro deste cobertor quando estão nas UTIs neonatais de hospitais. Uma vez que o cobertor é retirado, os bebês voltam aos poucos para sua temperatura normal.

Confira foto do pequeno Simon durante o tratamento e atualmente:

Foto: Reprodução Daily Mail – O pequeno Simon durante seu tratamento

Foto: Reprodução Daily Mail – Simon atualmente ao lado de sua mãe Helen

Veja mais

Comentários



Veja mais