Chegada do irmão: como estreitar vínculos

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Confira atitudes que ajudam a aproximar o irmão mais velho do mais novo e como prevenir e lidar com os ciúmes

Você está grávida ou teve seu segundo bebê faz pouco tempo? A chegada bebê afeta o irmão mais velho. Por isso, é importante prepara-lo para isso desde a gestação, saber como apresentar o novo membro da família ao primogênito e como lidar com o ciúme que pode ocorrer. A seguir confira dicas da educadora infantil Adriana Sacomani do Colégio Nossa Senhora do Morumbi de como lidar com cada uma dessas situações:

O irmão mais velho e o bebê na barriga

De forma bem carinhosa, conte ao filho mais velho que ele ganhará um irmão ou irmã e, ao mesmo tempo, um amigo que conforme for crescendo irá brincar com ele. “Conforme a barriga for aparecendo vá contando que o bebê está crescendo dentro barriga da mãe e que já é possível o bebê escutar tudo o que acontece ao seu redor. Convide a criança para conversar e chamar o irmão. Nesses momentos, se for possível, mostre a criança que a barriga se mexe quando ouve a voz da família, deixe que seu filho passe creme em sua barriga para fazer massagem no bebê e na mamãe, explicando que o bebê já sente o carinho do irmão”, orienta Adriana Sacomani.

Conhecendo o irmão mais velho

Quando o irmão mais velho for conhecer o recém-nascido uma estratégia pode ser muito útil. “Ainda na maternidade ter uma lembrança do bebê para seu irmão mais velho e que ele também leve uma para o irmão que acaba de nascer. Importante: bebês não compram presentes. Então, os responsáveis podem dizer que compraram um presente para o irmãozinho entregar ao irmão mais velho e vice-versa”, explica Adriana Sacomani.

Quando chegar em casa mais algumas atitudes são interessantes para estreitar os vínculos entre irmãos. “Evidencie para o irmão mais velho que ele já dorme em uma cama e que o bebê dormirá em um berço e que ele ensinará muitas coisas para o bebê, pois já faz muitas coisas que o irmão recém-chegado ainda não pode fazer. Na medida do possível e, dependendo da idade do irmão mais velho, deixe que ele participe, junto aos adultos, dos cuidados com o bebê, como por exemplo: pegar a fralda, a pomada e enxugar as mãos ou pés do bebê, após o banho”, orienta Adriana Sacomani.

Como prevenir os ciúmes

Para prevenir os ciúmes do irmão mais velho evidencie a ele que já é capaz de pegar uma fralda, uma pomada e ajudar a mamãe a dar banho. “São atitudes que fazem com que o irmão mais velho se sinta participativo e importante nesses momentos de cuidados essenciais para o bebê, os quais acontecem diariamente. Aproveite enquanto o bebê dorme para dar uma atenção mais direcionada ao filho mais velho: jogar um jogo especial, fazer um bolo juntos, um passeio especial (entre uma mamada e outra), assistir ao filme preferido, fazer uma pipoca, enfim, escolher uma atividade que goste muito de fazer junto com a família”, destaca Adriana Sacomani.

Saiba que esses momentos são especiais e fazem com que o irmão mais velho perceba que ainda é possível ter atenção exclusiva mesmo que agora tenha que se adaptar à nova rotina, principalmente aprender a dividir o mesmo espaço.

Como lidar com os ciúmes

Uma boa conversa evidenciando o bom comportamento do filho mais velho funciona bastante. “Mostrar-lhe o quanto é bom estar crescido, evidenciar o que já consegue fazer, como: tomar leite no copo, comer sozinho, colocar os sapatos, utilizar o banheiro (se for o caso), escovar os dentes, pedalar, falar etc. Medir o irmão mais velho com um barbante e o irmão mais novo, mostrando como ele já é bem maior e como está crescendo, também é um bom caminho para acolhê-lo nesta adaptação da chegada do novo integrante da família”, orienta Adriana Sacomani.

Veja dicas de como o pai pode estreitar vínculos com o bebê aqui.

Veja mais

Comentários



Veja mais