Cérebro da mulher muda com a gravidez e isto é bom

Por: Bruna Romanini

Foto: Reprodução Discovery

Estas mudanças no cérebro da mulher na gestação duram até dois anos após o parto

O cérebro da mulher muda e MUITO durante a gestação! A descoberta foi feita por uma pesquisa publicada na revista científica Nature Neuroscience. As mudanças ocorrem nas áreas do cérebro que estão envolvidas na percepção do outro e dos sentimentos do outro.

Os pesquisadores também notaram que essas mudanças duram até os dois anos de vida do bebê. E as mães que tiveram as maiores alterações no cérebro são aqueles que apresentaram maior proximidade emocional com seus bebês.


Cadastre-se

O estudo observou que a maior mudança que ocorre no cérebro é a diminuição da massa cinzenta em diversas áreas do cérebro, especialmente regiões responsáveis por registrar e considerar como o outro percebe as coisas.

Mas calma, os pesquisadores acreditam que essa perda da massa cinzenta não é algo ruim e pode proporcionar benefícios para a mãe. “Nós definitivamente não queremos passar a mensagem de que ‘a gravidez faz você perder seu cérebro’ e nós nem acreditamos que esse é o caso. A perda de massa cinzenta do cérebro não significa necessariamente algo ruim. Pode representar um processo benéfico de maturação e especialização do cérebro”, afirmou a autora do estudo Elseline Hoekzema, em entrevista ao jornal The New York Times.

A pesquisa contou com a participação de 25 mulheres com cerca de 30 anos que tiveram seus cérebros analisados por meio de uma ressonância magnética. Os cérebros de homens que haviam acabado de se tornar pais também foram analisados, porém não foi observada nenhuma diferença quando comparado com o cérebro de homens que não são pais.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários