Kelly Key assusta internautas ao mostrar como trata 1 problema da gravidez

Por: Bruna Romanini



Foto: Reprodução Instagram

“Eu sei que é um pouco assustador, mas é para o bem da pessoa”, disse a cantora Kelly Key

Infelizmente, um dos problemas que podem ocorrer na gravidez são as manchas na pele. “O tipo mais temido é o melasma, uma mancha que aparece no centro da face, e que pode voltar mesmo após tratamentos. Além disso, pode ocorrer a hiperpigmentação do mamilo, axilas, virilhas, vagina e linha no centro do abdome, todas essas alterações são reversíveis espontaneamente depois do parto”, conta a dermatologista Daniela Schmidt Pimentel, da  Clínica Ephesus e do Hospital Sírio Libanês. E foi justamente o melasma que a cantora Kelly Key acabou desenvolvendo em sua terceira gestação.

Para tratar o melasma, a cantora está realizando o microagulhamento. E este tratamento, apesar de eficiente, tem uma aparência um tanto assustadora. Isto porque esta técnica consiste em produzir furos minúsculos com um sistema de rolamento que contém inúmeras microagulhas que geram centenas de microlesões na pele!

Cadastre-se

O objetivo disso é estimular os fibroblastos, as células responsáveis pela produção de colágeno, para restaurar a pele que foi danificada. E ao fazer estes furos minúsculos a pessoa fica com o rosto repleto de sangue. “São 200 agulhas de uma vez só no seu rosto!”, disse Kelly Key em suas redes sociais.

Esta é a segunda sessão de microagulhamento da cantora e ela mostrou todo o processo em suas redes sociais. Ela também mostrou como seu rosto melhorou desde a gravidez com este e outros tratamentos. “Gente, eu sei que isso é um pouco assustador, mas é para o bem da pessoa. Eu vim fazer mais uma sessão de microagulhamento. Eu fiz uma 15 dias atrás, agora é a vez de fazer o segundo momento desse microagulhamento”, disse a cantora.

Veja a foto do procedimento, mas já avisamos que algumas pessoas podem considerar as imagens fortes:

E confira o antes e depois de Kelly Key, a seguir, a primeira imagem é o antes, e a segunda é o depois:

Saiba mais sobre microagulhamento aqui. 

Veja mais

Comentários





Veja mais