Família quebra silêncio e revela como bebê caiu do 11º andar do cruzeiro

Família quebra silêncio e revela como bebê caiu do 11º andar do cruzeiro

A janela de onde a bebê caiu do cruzeiro e uma foto da epquena Chloe

A janela do cruzeiro de onde a bebê caiu e uma das fotos da pequena Chloe Wiegand

A bebê de apenas um ano não resistiu a queda de 45 metros de altura em um cruzeiro no Caribe

A família da bebê de apenas um ano que caiu do 11º andar de um cruzeiro no Caribe quebrou o silêncio e revelou como o terrível acidente aconteceu. A pequena Chloe Wiegand de Indiana nos Estados Unidos estava fazendo um cruzeiro pelo Caribe com os pais e o avô Salvatore Anello quando caiu do 11º andar do navio a uma altura de 45 metros.

A pequena chegou a ser levada ao hospital mais próximo, em San Juan, Porto Rico, mas não resistiu a queda e faleceu. O acidente ocorreu no último domingo (07/07) e nesta terça-feira (09/07) a família quebrou o silêncio e deu detalhes sobre como a queda aconteceu.

Foi o advogado da família, Michael Winkleman, quem revelou detalhes do terrível acidente para a imprensa. De acordo com ele, a família estava na área da piscina coberta do cruzeiro, mais precisamente a piscina coberta infantil.

Links Patrocinados

No local havia diversas janelas de vidro e o avô acreditava que todas estavam fechadas. Foi quando ele levantou a pequena Chloe para que ela pudesse encostar em uma das janelas de vidro. Contudo, quando a menininha foi para frente para encostar na janela, naquele local especificamente não havia vidro, a janela tinha sido aberta. Então, a pequena acabou caindo.

Em entrevista para o canal NBC, o advogado disse: “Basicamente, o avô a levantou e quando ela acha que vai encostar no vidro, porque está tudo muito claro e parece um vidro, na verdade não tem vidro nenhum lá. E então ela caiu, foi tudo muito rápido”.

Links Patrocinados

O advogado ainda revelou que a família pretende processar a empresa responsável pelo cruzeiro por não alertar para a janela que estava aberta. “Por que você deixa apenas uma janela aberta no meio de todas as outras com vidro e justamente na área das crianças?! E por que você faz isso sem sinalizar nada?! Eu acho que o cruzeiro é responsável por este acidente! E eu vou fazer todo o possível para responsabilizá-los pelo o que ao meu ver é um caso de negligência”, concluiu o advogado.

A bebê com seu avô pouco antes de cair do cruzeiro

A bebê com seu avô pouco antes do acidente no cruzeiro

Comentários

Links Patrocinados