Mãe fica em choque ao ver que sobrancelha de sua bebê foi depilada na creche

Por: Bruna Romanini

Foto: Reprodução Facebook

Alyssa Salgado ficou indignada quando descobriu que uma funcionária da creche depilou com cera a sobrancelha de sua bebê

A mãe Alyssa Salgado, 19, ficou indignada quando foi buscar sua bebê de dois anos, Lilayah, na creche no dia 30 de janeiro. A pequena vai a uma creche nos Estados Unidos e quando sua mãe foi busca-la percebeu que sua pele entre as sobrancelhas estava vermelha. Na hora ela achou que fosse apenas um arranhão ou algo assim, mas ao chegar em casa, Alyssa percebeu que haviam DEPILADO as sobrancelhas de sua bebê!

A mãe ficou indignada com a situação e fez um desabafo nas redes sociais. O post da mãe no Facebook já teve mais de 20 mil compartilhamentos. Veja o que ela disse a seguir:

Links Patrocinados

“Eu levo minha filha para a creche CBC Daycare para que cuidem dela enquanto eu vou para a escola. Quando fui buscar minha filha no dia 30 de janeiro eu vi que entre suas sobrancelhas estava vermelho, mas achei que era um arranhão ou algo assim. Mas quando cheguei em casa e olhei melhor, eu percebi que as funcionárias da creche decidiram DEPILAR COM CERA a sobrancelha da minha filha!

Eu entrei em contato imediatamente com a diretora da creche, mas ela não atendia minhas ligações. Então, no dia seguinte eu fui falar com a diretora e ela riu da minha cara e me disse uma série de mentiras. Eu estou muito chateada.

Links Patrocinados

NENHUMA MÃE DEVERIA PASSAR POR ISSO! Eles NÃO tinham o direito de tocar na minha filha desse jeito!”, disse Alyssa.

Outra mãe, Glenda Maria Cruz, também postou no Facebook que seu filho ficou com a sobrancelha depilada após ir na mesma creche que a pequena e no mesmo dia. Glenda também fez um desabafo sobre o assunto em suas redes sociais.

“A pele deles é delicada e ninguém tem o direito de fazer isso com os filhos dos outros. Quando confrontamos a diretora sobre o assunto ela só me disse que todas as funcionárias negaram ter depilado as sobrancelhas das crianças e com um sorriso no rosto ela me perguntou o que eu queria que ela fizesse. Ela ainda disse que nós não éramos obrigadas a levar nossos filhos para a CBC Daycare. Meu filho é só um bebê e não consegue se defender, ele nem tem dois anos ainda. Eu agora estou até me sentindo uma mãe ruim por não ter conseguido protege-lo quando ele precisava”, desabafou Glenda.

As duas mães fizeram um boletim de ocorrência na polícia sobre o caso.

Veja o bebê de Glenda a seguir:

Veja mais

Comentários

Links Patrocinados