Mãe vai checar estes gêmeos e encontra a filha sem batimentos

Por: Bruna Romanini



Foto: Reprodução Instagram – Entenda o triste caso destes gêmeos a seguir

A mãe Crystal Venus deu à luz casal de gêmeos, mas sua filha sofreu morte súbita após onze semanas

A mãe Crystal Venus deu à luz casal de gêmeos em abril deste ano. Os pequenos Sapphire Jade e Brandon Brady nasceram prematuros com 33 semanas de gestação. Por este motivo, os irmãos precisaram ficar internados por um tempo no hospital. “Eles lutaram bastante e conseguiram se recuperar e receberam alta”, contou Crystal em entrevista ao jornal britânico Mirror.

Com onze semanas de vida, ambos os bebês já estavam muito saudáveis. Foi quando uma tragédia ocorreu. “Fomos checar nossos bebês em uma manhã de julho e eu e meu marido percebemos que nossa filha estava sem batimentos! Tentamos de tudo para reanima-la. A ambulância foi chamada e os paramédicos e depois os médicos do hospital também fizeram todo o possível. Mas às 7:12 minha filha faleceu. Ela sofreu uma morte súbita. Assim que soube eu cai no chão, senti como se meu mundo tivesse acabado”, desabafou Crystal.

Cadastre-se

Após a difícil perda, Crystal iniciou uma campanha que angariar dinheiro para os estudos sobre a morte súbita infantil. “Eu quero ajudar outras famílias”, explicou Crystal.

Causa da morte súbita infantil ainda é um mistério

A exata causa da morte súbita em bebês ainda não foi descoberta. Acredita-se que ela está ligada a uma abnormalidade no cérebro que controla a respiração e o sono.

Atualmente, os pesquisadores já descobriram algumas características dos bebês que aumentam o risco de morte súbita e também alguns cuidados que podem prevenir a tragédia. Veja quais são a seguir:

Quem corre mais risco

Infelizmente, existem alguns bebês que correm maior risco de ter morte súbita, veja quais são:

  • Sexo: bebês meninos correm maior risco de sofrer morte súbita;
  • Idade: bebês correm maior risco de sofrer morte súbita entre o segundo e o terceiro meses de vida;
  • Cor de pele: por algum motivo que ainda não foi compreendido pelos cientistas, bebês negros correm maior risco de sofrer morte súbita do que bebês brancos;
  • Histórico familiar: bebês cujos irmãos ou primos sofreram morte súbita correm maior risco de sofrer também;
  • Fumantes passivos: bebês que convivem com adultos que fumam perto desses pequenos correm maior risco de sofrer morte súbita;
  • Bebês prematuros;
  • Bebês cujas mães fumaram ou beberam bebidas alcoólicas na gestação;
  • Bebês cujas mães deram à luz com 20 anos ou menos;
  • Bebês cujas mães fizeram um pré-natal inadequado na gestação.

Como prevenir a morte súbita

  • Barriga para cima na hora de dormir: colocar o bebê para dormir com a barriga para cima, ao invés de barriga para baixo ou de lado, é essencial para prevenir a morte súbita. Este cuidado deixa de ser necessário quando seu bebê consegue se virar sozinho para ambos os lados;
  • Use um colchão firme e com boa espessura no berço do seu bebê;
  • Evite cobertores e travesseiros: Usar tanto o travesseiro quanto o cobertor no bercinho do seu bebê não é orientado. Isto porque ambos os itens aumentam o risco de sufocamento do bebê. O travesseiro realmente não é necessário para os bebês. Quanto ao cobertor, é melhor colocar camadas extras de roupas no seu bebê do que usar o cobertor, caso esteja muito frio e você realmente considerar o cobertor necessário, certifique-se de prender o cobertor embaixo do colchão e deixar os bracinhos do bebê para fora do cobertor;
  • Evite protetores de berço, estes itens podem causar sufocamento do bebê e aumentar o risco de morte súbita;
  • Deixe o bebê dormir no seu quarto até um ano de vida. A Academia Americana de Pediatria (AAP) orienta que o bebê durma no quarto dos pais até um ano de idade e estes pediatras defendem que o bebê deve ficar no próprio berço ou naqueles berços acoplados a cama dos pais. A AAP não orienta que o bebê durma na mesma cama dos pais, isto é especialmente perigoso se um ou os dois pais é fumante ou consumiu muita bebida alcoólica naquele dia;
  • Ofereça chupeta para seu bebê ir dormir, isto ajuda a prevenir a morte súbita. Saiba mais sobre o assunto aqui;
  • Amamente seu bebê, se possível. Amamentar o bebê até os seis meses de vida ajuda a prevenir a morte súbita.

Fonte consultada:

Clínica Mayo

Foto: Reprodução Instagram – Os gêmeos Sapphire Jade e Brandon Brady antes da tragédia

Foto: Reprodução Instagram – Os pais se despedindo da pequena Sapphire Jade

Veja mais

Comentários



Veja mais