‘Minha sogra entrou de penetra na sala de parto e segurou meu bebê antes de mim’

Por: Bruna Romanini

Foto: Reprodução

No meio da cesárea de emergência desta mãe, sua sogra decidiu entrar na sala de cirurgia e segurou o bebê antes dela

A relação com a sogra nem sempre é fácil, mas às vezes a situação fica especialmente complicada e a sogra pode passar, E MUITO, dos limites. Foi justamente isso que aconteceu com uma mãe em um dos momentos mais especiais de sua vida: o nascimento de seu filho.

Ocorre que a sogra entrou de penetra no meio da sala de cirurgia, onde a mãe passava por uma cesárea de emergência, e para piorar ainda segurou o bebê antes da própria mãe! Isto ocorreu há seis semanas, mas a mãe ainda se sente muito chateada e com raiva da situação e decidiu desabafar sobre o assunto na rede social materna Mumsnet.

Veja o desabafo desta mãe a seguir:

“Eu tive meu bebê seis semanas atrás. Foi um parto difícil que acabou tendo que ser uma cesárea de emergência. Quando estavam me levando para a sala de cirurgia, meu marido ligou para minha sogra. Ele estava nervoso e só queria ouvir algumas palavras dela para tranquiliza-lo. Minha sogra é médica e trabalha no mesmo hospital, mas não é ginecologista e seu trabalho não tem relação nenhuma com partos.

De qualquer forma, por trabalhar no hospital, ela conseguiu entrar de penetra no meio do meu parto, sem a permissão de ninguém e especialmente SEM A MINHA PERMISSÃO.

Ninguém me perguntou se tudo bem minha sogra estar lá. E para piorar, ela ainda acabou segurando meu bebê antes de mim! Eu estou tão triste e irritada com isso. Antes do parto, eu já havia dito para meu marido que nas primeiras 24 horas não iria querer receber visita nenhuma. E ai minha sogra não apenas aparece durante o parto como também segura meu bebê antes de mim!!!

Eu me lembro muito bem que as enfermeiras deixaram minha sogra entrar sem sequer me perguntarem! E meu marido sequer tentou me ajudar e dizer para a mãe dele sair, para esperar lá fora. Também estou chateada com meu marido.

Além disso, após o parto, o médico veio conversar comigo e falou diversas informações médicas muito pessoais, que eu não queria que minha sogra soubesse, e que agora ela sabe.

Já se passaram seis semanas, mas eu ainda choro e sinto muita raiva só de lembrar do que aconteceu.

Além do meu parto ter sido difícil, também tive complicações na recuperação do parto e ainda não consegui falar com meu marido sobre como me sinto. Mas eu ainda estou muito chateada e com raiva”.

O post deixou outras mamães indignadas com o que ocorreu

“Sua sogra NUNCA poderia ter feito tudo isso e ainda ficar sabendo várias informações médicas sobre você. Converse com seu marido sobre isso”, disse uma mãe.

Já outra falou: “Sinto muito pelo que aconteceu com você. Sua sogra foi terrível. Você tem todo direito de sentir raiva. E também tem todo direito de sentir que seu marido não a apoiou como deveria”.

Veja mais

Comentários



Veja mais