Sheila Mello rebate críticas por vestir filha de Marilyn Monroe pra festa de 4 anos

Por: Bruna Romanini

Foto: Reprodução/ Instagram

Dançarina sofreu duras críticas por vestir sua filha de Marilyn Monroe, atriz que é considerada um símbolo sexual

No último domingo, 26, Sheila Mello e o marido Fernando Scherer comemoraram o aniversário de quatro anos da filha Brenda. Contudo, o tema da festa e a fantasia que Sheila optou por colocar na filha geraram grande polêmica na internet.

Isto porque Sheila vestiu a filha de Marilyn Monroe, atriz considerada um dos maiores símbolos sexuais. E o tema da festa foi Pin-Ups, símbolos sexuais que fizeram sucesso nos anos 1940 e 1950.

Links Patrocinados

Em entrevista ao portal UOL, Sheila se manifestou diante das críticas que recebeu, especialmente em suas redes sociais. “Fiquei surpresa com a proporção que tomou o assunto da roupa e maquiagem da Brenda, foi bom que vimos que o número de pessoas amadas e felizes é maior que aqueles que fazem questão de distorcer uma imagem tão pura. Para os que acompanham e curtem o meu trabalho e vida só agradeço sempre pelo respeito, para os que entram na minha rede social para deixar algum veneno, de mim só terão o ‘block’”, disse a dançarina.

Sheila explicou que só vestiu a filha como Marilyn Monroe para a festa de aniversário e que ela adorou a experiência, mesmo sem conhecer direito a história da musa do cinema: “É óbvio que a Brenda não usa maquiagem e saia rodada todos os dias, foi o aniversário dela, um dia especial e a única coisa que ela pedia era que o vestido girasse muito!!”, afirmou Sheila em entrevista ao UOL.

Links Patrocinados

Sheila também explicou que uma de suas inspirações de pin-ups (símbolos sexuais que fizeram sucesso nos anos 40 e 50) foi a avó dela, que não cumprimentava a família sem estar maquiagem e bem vestida. “A feminilidade, delicadeza e força andavam juntas. Depois da minha avó, a Marilyn é a grande representante desse universo. O que eu acredito ser o principal para uma família funcional é o amor e o respeito, e isso em casa temos como prioridade. Acredito que para boa educação dos nossos filhos mais do que palavras são nossas ações, a Brenda terá como espelhamento uma mulher que trabalha desde os 12 anos e que até hoje tem como tema de vida a autonomia, isso trago no DNA”, concluiu Sheila.

Veja mais

Comentários

Links Patrocinados