Últimas horas de menino agredido pelo padrasto são reveladas e chocam

Por: Bruna Romanini

Foto: Reprodução Arquivo Pessoal – As últimas horas deste menino de três anos foram reveladas

O menino de apenas três anos não resistiu após as agressões do namorado de sua mãe

O menino de apenas três anos, Riley Siswick, teve suas últimas horas de vida reveladas durante o julgamento do namorado da mãe da criança. A mãe Kayleigh Siswick, 27 anos, e seu namorado, Kyle Campbell, 26 anos, estão sendo julgados pela morte do pequeno.

A criança foi encontrada morta pelos socorristas em West Yorkshire na Inglaterra no dia 6 de fevereiro de 2016. O julgamento da mãe e do padrasto está ocorrendo agora e na última sexta-feira (03/05), as últimas horas do pequeno foram reveladas.

Links Patrocinados

O promotor Robert Smith já havia relatado que o padrasto deu socos tão fortes na barriga da criança que seu intestino acabou se rompendo. Ao invés de levar o filho imediatamente para o hospital, a mãe o deixou em casa para proteger o namorado. Como consequência da falta de atendimento imediato, a criança sofreu uma infecção e faleceu após dois dias. Estas informações já haviam gerado grande indignação da população.

Agora, o promotor revelou como foram estes dois últimos dias do pequeno Riley. De acordo com o promotor, o pequeno foi obrigado a dormir em sua cama que estava repleta de urina e sangue nestes dois dias. E ele provavelmente morreu cerca de seis horas antes da mãe e do namorado terem chamado os paramédicos.

Links Patrocinados

O promotor também revelou que Riley certamente estaria dando sinais de que algo estava errado com sua saúde e que os adultos certamente perceberiam isso. Os sintomas de ter o intestino rompido, como ocorreu com a criança, envolveriam: vômitos, muita dor e incapacidade de comer.

Ainda de acordo com o promotor, o pequeno Riley provavelmente sentiu muita dor até o momento em que ficou inconsciente por causa das lesões.

O julgamento segue acontecendo. O padrasto é acusado de homicídio, mas nega as acusações.

Foto: Reprodução Arquivo Pessoal – A mãe e o namorado estão sendo julgados pela morte do menino Riley de três anos

Comentários

Links Patrocinados