Imagens IMPRESSIONANTES mostram como era o parto no passado

Por: Bruna Romanini

Foto: Reprodução

Dar à luz no passado podia ser algo bem complicado, veja essas fotos e ilustrações incríveis de partos

Se dar à luz já é algo bem complexo nos dias de hoje, imagine como era décadas e até mesmo séculos atrás! A seguir, reunimos algumas ilustrações e fotos que mostram como era o parto no passado:

É fato que durante boa parte da história da humanidade o parto ocorreu em casa. Nestes nascimentos as mulheres contavam com a assistência das famosas parteiras e em casos mais graves, médicos ou cirurgiões poderiam ser chamados. No quadro abaixo você pode ver um parto no século 18, note que a mãe está sentada e não deitada e isto faz todo o sentido, já que quando a mulher está em pé ou deitada a gravidade contribui para que o bebê nasça com maior facilidade.

parto-passado-sec18

É no século 18 que surge o famoso fórceps para ajudar os profissionais de saúde nos partos mais complicados. O fórceps salvou a vida de muitos bebês, contudo, como este procedimento ainda estava no início, ele também causou problemas em muitos bebês, como perfuração do crânio. E em muitas mães o fórceps também levou a lesões na vagina. Veja as primeiras ilustrações de fórceps e do uso do fórceps a seguir:

parto-forceps-passado parto-passado-forceps

Já no século 19, os partos continuavam ocorrendo em casa. Nesta ilustração de um parto no século 19 é possível ver que algumas mulheres contavam com travesseiros específicos para o momento do parto, legal né?

SG hist., Medizin, Geburt, Gebärkissen, Stich von E.Dettmers, Berlin, 19.Jh., Kissen, Bett, schwanger, schwangere Frau, Wochenbett, Wöchnerin, hochschwanger, ~ medicine, birth, birth pillow, engraving by E. Dettmers, Berlin, 19th century,  historic, historical, bed, puerperium, childbed, childbeds, pregnant woman, woman in childbed, women in childbed, well/far advanced in pregnancy,

A cesárea começa a ser realizada como um procedimento médico entre o final do século 19 e início do século 20. O começo da cesárea também foi muito difícil. Para se ter uma ideia, em Paris entre 1787 e 1876 NENHUMA mulher que passou por uma cesárea sobreviveu. Isto ocorria porque os médicos tinham medo de costurar o corte que haviam feito no útero, pois temiam que estes pontos internos infeccionassem. Conclusão: as mulheres morriam devido à perda excessiva de sangue pelo corte no útero.

Devido a esta questão da sutura do útero, o professor italiano Eduardo Porro defendeu em 1876 que o útero da mulher fosse retirado após a cesárea. Mas isto durou pouco tempo, já que algumas décadas depois surgiram novas técnicas, medicamentos e anestesias. A cesárea só passou a ser definitivamente mais segura para a mulher por volta de 1940 quando a penicilina começou a ser utilizada com maior frequência.  Veja a seguir ilustrações de como eram feitas cesáreas no início e a ilustração de uma mulher após a cesárea:

parto-passado-sec19-cesarea

L0038226 An early caesarean operation Credit: Wellcome Library, London. Wellcome Images images@wellcome.ac.uk http://wellcomeimages.org An early caesarean operation using a longitudinal incision. 19th Century Nouvelles démonstrations d'accouchemens. Avec des planches en taille-donee, accompagnées d'un texte raisonné, propre à en faciliter l'explication Jacques-Pierre Maygrier Published: 1822 Copyrighted work available under Creative Commons Attribution only licence CC BY 4.0 http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/

parto-passado-cesarea1

L0015648 Maygrier

Nas primeiras décadas do século 20, o parto começa a ocorrer no hospital. Mas isso não necessariamente significou que as coisas melhoraram. Em alguns países, como os Estados Unidos, surgiu uma técnica assustadora que foi muito usada entre 1920 e 1940.

O método consiste no seguinte: ao entrar em trabalho de parto a mulher era fortemente dopada com anestésicos, especialmente por meio de inalação. Praticamente desacordada, a mulher era amarrada a cama. Os médicos então a dilatavam a força e o bebê era retirado por meio de fórceps. Algumas mulheres chegavam a ficar dopadas pelos medicamentos por 57 horas!!! Como consequência desta terrível técnica muitas mulheres e seus bebês morriam. Veja algumas imagens deste tipo de parto:

parto-passado-1930 mulher-inalador-parto-antigas parto-passado-sec20

É apenas no início dos anos 1940 que os médicos começam a perceber que partos mais naturais e com o mínimo de intervenções possível eram as melhores opções para a mãe e o bebê. A seguir, uma imagem de um parto nos anos 1940 e depois de um parto nos anos 1950, quando as cesáreas já eram bem mais seguras:

parto-passado-1941

parto-passado1950

Fontes consultadas:

Biblioteca Nacional de Medicina do Governo dos Estados Unidos

Museu de Ciências de Londres, Inglaterra

Veja mais

monica benini junior parto
Thaís Fersoza parto Teodoro
rafa brites cicatriz

Deixe uma resposta

Comentários