As preferências inesperadas do bebê

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Veja quais os cheiros e atitudes dos pais preferidos do bebê

O bebê possui algumas preferências inesperadas em relação à aromas, paladar e toque. A seguir veja quais são elas e como isso pode ajudar a estreitar a relação entre pai e filho:

O olfato do seu bebê é bem diferentes dos adultos. Assim como o bebê prefere alguns sons e padrões, ele também tem uma preferência muito particular por alguns cheiros e gostos.

Cadastre-se

Os pequenos adoram o aroma do leite, baunilha, banana ou açúcar, mas não gostam nem um pouco do cheiro de álcool e vinagre. Ao final da primeira semana amamentando, o bebê costuma se virar para a almofada de amamentação da mãe. Porém, para as almofadas de amamentação de outras mulheres o pequeno nem dá bola. Afinal, o pequeno adora o cheiro da mamãe e só de senti-lo já costuma ficar mais calmo.

Os bebês também são sensíveis ao toque e a maneira como os pais o carregam. Eles adoram o toque macio da flanela ou cetim e não gostam de tecidos mais ásperos e grossos. Se os bebês são acariciados de forma leve e gentil, eles relaxam.

Porém, se são pegos de forma abrupta, eles provavelmente ficam ofendidos e começam a chorar. Se os bebês são pegos do berço ou de outro lugar de uma maneira gentil e balançados lentamente, eles ficam muito mais calmos.

A maneira como o bebê é tocado pelos pais passa desde muito cedo a noção de como os pais se sentem em relação a ele. Se for um toque com afeto, delicadeza e muito cuidado, passara para o pequeno as primeiras mensagens de que ele é amado pelos pais.

Fonte consultada: Academia Americana de Pediatria

Veja mais

temperamento-dificil-bebe

Deixe uma resposta

Comentários