Minha gravidez não foi planejada, mas meu bebê é muito desejado

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

“No fim das contas não importa se eu queria engravidar ou não. A criação da vida é sempre motivo de orgulho”

Emily Lingenfelser está grávida de 18 semanas! Recentemente, ela foi zombada por uma colega de trabalho ao mencionar que sua gravidez não havia sido planejada. Por isso, ela decidiu escrever um lindo texto para o portal Your Tango sobre a história por trás de sua gravidez e a importância de não julgar as mães que passaram ou passam por uma gravidez não planejada. Confira:

“Outro dia eu contei para uma colega de trabalho que minha gravidez não foi planejada. Para minha surpresa, esta mulher teve a coragem de me responder: ‘Bom, você sabe como bebês são feitos, não é Emily?’.

Cadastre-se

Posso estar sendo dramática demais, mas o julgamento dela foi como um soco no estômago para mim. Eu fiquei sem palavras. Claro que eu sei como os bebês são feitos! Eu sei como as mulheres engravidam, mas acontece que quando eu engravidei eu tinha acabado de receber o diagnóstico de que teria MUITAS dificuldades para engravidar.

Isto porque após ficar cinco meses sem menstruar e uma série de exames, os médicos haviam me dito que eu tinha ovários policísticos. Eu tinha 25 anos e ovulava talvez uma vez a cada seis meses. “Vai ser muito difícil engravidar”, o médico me disse. Além disso, eu já tive câncer.

Após todos esses problemas, passei a achar que meu corpo só me desapontava. E comecei a me preparar para a triste realidade: eu não conseguiria nunca ter um filho.

Porém, duas semanas depois este diagnóstico, eu ovulei e engravidei! Apesar das circunstâncias e de não ter sido planejada, senti como se minha gravidez fosse um milagre. Um presente de Deus.

Meu bebê não estava nos meus planos, mas ele é uma benção. Algo que eu achei que jamais fosse ganhar.

Minha gravidez não planejada me ensinou que talvez tudo aconteça por um motivo. Talvez exista um poder superior e um proposito para tudo isso. Tantas mulheres com ovários policísticos e que passaram por um câncer tem dificuldades para engravidar.

Mas de algum jeito, eu estou grávida de 18 semanas de um menininho que vai chegar ao mundo muito amado e querido. Um menininho inesperado, mas com uma mãe que se sente muito abençoada por sentir seus chutes todos os dias.

Então, antes de me julgar ou de julgar qualquer outra mãe que passa ou passou por uma gravidez não planejada lembre-se: há muita coisa que você não sabe sobre esta mulher e sua gravidez. Existem lutas silenciosas e algumas dores que as pessoas passam e que as outras não sabem. E no fim do dia, não importa se eu queria engravidar ou não. A criação da vida é sempre algo do qual devemos ter orgulho!”

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários