Mãe invade casa em chamas e salva a vida de seu bebê

Por: Bruna Romanini

Foto: Reprodução DailyMail

“Os bombeiros ficaram dizendo que eu fui muito corajosa de entrar na casa pelo meu bebê, mas qualquer mãe faria exatamente o mesmo”, diz Rachel

A mamãe britânica Rachel Smeeth arriscou a própria vida para salvar a de seu bebê de três meses, Mathew. Ela entrou em sua casa, que estava em chamas, e conseguiu resgatar seu bebê, que estava no berço, e salvar a sua vida. Ela fez isso, após ver que seu marido, Danny Casson, tentar entrar na casa quatro vezes sem sucesso, devido à grande quantidade de fumaça.

Ao se recordar do que houve, Rachel lembra-se do que ouviu seus vizinhos dizerem quando entrou na casa. “Os vizinhos estavam todos gritando para que eu ficasse fora da casa, mas tudo que eu podia pensar era no meu bebê”, recorda-se Rachel em entrevista ao jornal britânico DailyMail.

Cadastre-se

Ela se lembra também de quando chegou até seu bebê. “Quando cheguei até o berço, meu bebê parecia estar sem vida, não chorava, eu tinha certeza que ele estava morto. Eu o cobri com um cobertor. Nesta hora os bombeiros já haviam chegado e eu consegui seguir a luz deles e sair de casa com meu bebê, pois havia muita fumaça e era quase impossível se orientar”, conta Rachel.

Toda a família foi levada para o hospital e agora está bem. “Os médicos disseram que foi um milagre meu bebê estar vivo. Minha garganta ficou muito queimada e eu fiquei um tempo sem voz e os médicos disseram que eu poderia ficar com danos permanentes na garganta, mas nada disso importa, o importante é meu bebê estar bem”, afirma Rachel.

Ainda no hospital, os bombeiros visitaram Rachel e sua família. “Eles ficaram dizendo que eu fui muito corajosa de entrar na casa pelo meu bebê, mas qualquer mãe faria exatamente o mesmo”, diz Rachel.

Entenda melhor o caso

Rachel conheceu o marido Danny dois anos atrás e eles ficaram muito felizes quando ela engravidou e o pequeno Mathew nasceu em fevereiro de 2016. “Eu sofri cinco abortos depois que tive minha primeira filha, então quando Mathew nasceu sentimos que era um verdadeiro milagre”, recorda-se Rachel.

O pequeno Mathew nasceu quatro semanas antes do previsto, pesando apenas 2 kg. Ele pode ir para casa uma semana após o seu nascimento e desde então o cotidiano da família tem sido muito cansativo, com seus pais acordando de frequentemente para alimentar o pequeno.

Uma noite, quando os filhos já estavam dormindo, Rachel ligou uma panela para esquentar sopa para ela e o marido. Porém, ambos estavam tão exaustos que acabaram dormindo enquanto esperavam a sopa ficar pronta. “Eu estava tão cansada que sequer pensei no perigo. Jamais devia ter acendido aquela panela”, recorda-se Rachel.

Quando Danny acordou, 45 minutos depois, a casa estava repleta de uma fumaça preta. Ele tentou acordar Rachel, mas ela mal conseguiu despertar pois já estava intoxicada com a fumaça. “Eu sequer conseguia saber onde estava a porta. Parecia que eu estava em transe”, conta Rachel.

Então, Danny a levou para fora de casa. E enquanto ela se recuperava, Danny entrou novamente para resgatar os filhos. Ele conseguiu pegar a pequena Katie, filha de Rachel de três anos. Porém, quando voltou para pegar Mathew, já não estava conseguindo entrar devido ao excesso de fumaça. “Ele tentou entrar muitas vezes, mas não conseguia enxergar nada devido à fumaça. Após a quarta tentativa do meu marido, eu percebi que nosso filho ia morrer e sabia que tinha que agir. Eu entrei na casa e fui me orientando pelo som da voz do meu marido e consegui resgatar meu bebê”, conta Rachel.

Milagrosamente, os quatro membros da família estão bem. Infelizmente, o fogo destruiu a casa deles. “Perdemos tudo, nossas roupas, nossas coisas, mas ainda assim temos sorte por estarmos vivos. Eu não poderia encarar a vida sem o meu bebê, ele foi um milagre antes mesmo de nascer e agora vou apreciá-lo ainda mais”, conclui Rachel.

Confira como ficou a cozinha de Rachel:

fogo-casa-certo

Veja mais

adriana-rodrigo-bebe

Deixe uma resposta

Comentários