Dermatite atópica em bebês: por que ocorre e como tratar

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

A dermatite atópica em bebês é um tipo de alergia que exige cuidados específicos

A dermatite atópica em bebês é um tipo de eczema, doença que apresenta erupções que coçam e escamam, acontece com bebês normalmente após os três meses e é uma alergia. “Geralmente existem antecedentes familiares, não necessariamente da pele, podendo ser manifestada nos pais na forma de asma, rinite ou bronquite”, observa a dermatologista Daniela Schmidt Pimentel, da Clínica Ephesus e do Hospital Sírio Libanês.

É importante que o problema seja diagnosticado por um dermatologista que irá recomendar o tratamento ideal. Porém, é fato que cuidados especiais são necessários para os pequenos com este problema. “A pele dos pacientes atópicos geralmente é ressecada, portanto, eles devem utilizar hidratantes específicos, o banho deve ser rápido, morno para frio, com loções de limpeza ou sabonete neutro, tipo de glicerina, e não utilizar buchas ou esponjas”, orienta Pimentel.

Cadastre-se

Além disso, também é importante tomar cuidados com o ambiente no qual os bebês com dermatite atópica vivem. Carpetes, tapetes, cortinas não devem continuar na casa e bichos de pelúcias e plantas não podem ficar presentes no quarto do pequeno.

Utilize produtos de limpeza sem perfumes na residência, vista somente roupas de algodão no bebê e mantenha as unhas dele sempre curtas. É interessante revestir o colchão e o travesseiro do bebê com capas plásticas, dê preferência para edredons ao invés de cobertores e mantas. “Mesmo com todas as orientações, vão existir períodos de piora da dermatite atópica, já que esta doença é crônica e recidivante”, ressalta Pimentel.

Você sabia que os bebês também podem ter caspa? Veja o que fazer diante deste problema nesta outra reportagem do portal BebêMamãe.com. 

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários