Oferecer antibióticos para bebês aumenta risco de obesidade

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Pesquisadores acreditam que uso abusivo de antibióticos nos dias atuais favoreceu aumento da obesidade infantil

Uma pesquisa publicada na revista científica Pediatrics concluiu que expor o bebê a antibióticos antes dos seis meses de vida ou de forma repetitiva ao longo da infância favorece o sobrepeso e a obesidade.

A pesquisa contou com a participação de 6114 meninos saudáveis e 5948 meninas saudáveis da Finlândia, sendo que faziam parte da analise crianças que foram expostas a antibióticos e aquelas que não foram.

Cadastre-se

A conclusão dos pesquisadores foi que oferecer antibióticos antes dos seis meses de vida ou de forma repetitiva durante a infância favorece a obesidade infantil e poderia ser até mesmo uma das causas do aumento significativo de crianças com sobrepeso e obesidade infantil.

Isto ocorre porque os antibióticos afetam a microbiota intestinal, e nas crianças isto é especialmente prejudicial, e também muda o metabolismo das crianças. O crescimento das crianças também pode ser afetado pelo uso indevido dos antibióticos.

Os responsáveis pelo estudo, destacam que não pretendem com esta pesquisa cessar o uso de antibióticos, já que estes mostraram-se extremamente eficazes na preservação da vida desde sua invenção. O objetivo é alertar para o risco do uso abusivo de antibióticos, que ocorre frequentemente nos dias atuais. Os especialistas orientam o uso criterioso dos antibióticos, favorecendo aqueles de espectro de ação estreito.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários