Perda de calor pelo bebê: saiba como evitar e entenda as causas

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Confira atitudes que evitam e aquelas que favorecem a perda de calor no bebê

Bebês perdem o calor com uma facilidade muito maior do que os adultos. Para se ter uma ideia, os pequenos podem perder calor até quatro vezes mais rápido do que os adultos. Isto porque os bebês têm uma superfície corporal três vezes maior do que os adultos quando comparado com o peso de adultos e de bebês.

Assim, quando passam frio os bebês gastam MUITA energia para se aquecer. Desta forma, eles não conseguem usar esta energia para outras coisas importantes, como criar uma reserva de gordura e assim ganhar mais peso. Além disso, a perda de calor pelo bebê pode causar hipotermia, uma descida da temperatura corporal abaixo dos limites normais que pode levar até mesmo à morte.

Cadastre-se

Por tudo isso, confira a seguir algumas atitudes que evitam que o bebê perca calor e veja as principais situações em que os pequenos perdem calor:

Ambiente na hora do banho: O local do banho do bebê deve estar bem quentinho. É interessante que a temperatura do local esteja entre 24 e 25 graus e a temperatura da água cerca de 36 graus. O local do banho também não deve ter nenhuma corrente de ar.

Cuidados na hora de lavar a cabecinha: Ao dar banho no inverno é importante ter alguns cuidados com a cabecinha. A orientação geral é lavar a cabecinha primeiro, nos dias muito frios isso pode ocorrer desde que os pais a sequem IMEDIATAMENTE. Isto porque a cabecinha molhada favorece a perda de calor. Os pais também podem optar por lavar a cabecinha por último nos dias muito frios.

Seque o bebê rapidamente: Após o banho, seque o bebê ainda no ambiente quentinho em que o banho foi dado. Não saia com o pequeno ainda molhado para outros locais. Logo após secá-lo, já coloque uma camisetinha para evitar perda de calor no peito. Veja outros cuidados ao dar banho no bebê no inverno aqui. 

Atenção à cabecinha: É essencial proteger a cabeça do bebê. “A cabeça é quase 25% da estrutura corpórea do bebê, então a superfície é grande e, consequentemente, a perda de calor é grande”, explica a pediatra Wylma Maryko Hossaka, coordenadora do pronto socorro infantil do Hospital Beneficência Portuguesa.

Por isso, coloque um gorrinho no seu bebê. “Até mesmo quando estão em casa, é importante colocar o gorrinho. Eu recomendo usar um gorrinho de algodão, evite os de lã porque o bebê sua muito na cabeça e as lãs não absorvem isso”, diz Wylma Hossaka. Caso queira usar o gorrinho de lã, coloque o de algodão por baixo.

Temperatura do quarto: A orientação é que a temperatura do quarto do bebê esteja entre 16 e 20 graus.

Contato pele a pele: O contato pele a pele entre os pais e o bebê é uma ótima maneira de prevenir que o pequeno perca calor. Esta atitude é especialmente importante nos momentos após o parto.

Atenção para não exagerar: Muitas vezes, na tentativa de deixar o bebê quentinho nos dias frios as mamães podem acabar aquecendo-os demais e isto pode levar até mesmo à morte súbita. Isto porque os bebês têm muita dificuldade em controlar a temperatura corporal, então perdem calor rapidamente e também podem ficar quentes muito rápido.

A regra geral é: coloque uma peça de roupa ou cobertor (caso vá colocar seu bebê para dormir) a mais do que você está usando. Para não aquecer seu bebê demais ou de menos tanto na hora de dormir quanto acordado é importante reconhecer os sinais que ele dá de que está com frio ou calor. Quando está com calor seu pequeno pode suar, ficar inquieto, com febre e o rosto vermelho. Já para saber se ele está com frio, é válido checar o peito, barriguinha, tronco e extremidades e ver se estão quentes, se não estiverem, adicione mais uma camada de roupa ou um cobertor.

Atenção às principais causas de perda de calor: Alguns ambientes favorecem a perda de calor do bebê. Colocar os pequenos diretamente em uma superfície gelada, como um chão de piso frio, favorece a perda de calor. Colchões muito finos no berço ou moises também podem fazer com que os bebês percam calor. Deixar o bebê muito próximo à uma parede ou uma janela geladas é uma outra causa para a perda de calor. Ser atingido por uma corrente de ar, causada por uma janela ou uma porta aberta por exemplo, também pode levar à perda de calor.

Veja outras boas dicas para manter o bebê quentinho nos dias frios aqui.

Fontes consultadas:

Universidade de Stanford, Estados Unidos

Organização Mundial de Saúde

Associação de Saúde Pública do Canadá

National Paediatric Mortality Register

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários