Anvisa proíbe lote de peito de frango por conter bactéria que causa meningite

Por: Bruna Romanini



Foto: Reprodução – Um lote de peito de frango contém bactéria que causa meningite

Um lote de peito de frango congelado teve as vendas proibidas pela Anvisa por risco de meningite

A Anvisa proibiu a distribuição e venda do lote de peito de frango cozido desfiado congelado da marca D+ Alimentos em todo o Brasil. O motivo da proibição foi a presença da bactéria Listeria monocytogenes no alimento.

Esta bactéria pode causar uma série de problemas de saúde, entre eles a meningite. Este é um alerta especialmente importante para quem está grávida.

Cadastre-se

Isto porque as gestantes são 20 vezes mais suscetíveis à meningite por Listeria do que o restante da população. E esta meningite pode passar para o bebê na hora do parto. Quando esta meningite passa para o recém-nascido, os pequenos correm o maior risco de morte pela doença.

O lote da marca D+ Alimentos que foi proibido é o 0320 do produto Peito de Frango Cozido Desfiado Congelado.

A bactéria Listeria também pode estar presente em embutidos como salsicha e salame e em alguns tipos de queijos feito com leite sem ser pasteurizado. 

Diante deste caso, a empresa D + Alimentos emitiu a seguinte nota à imprensa:

“A D+ Alimentos, empresa especializada na industrialização de produtos de origem animal para uso industrial, reforça os esclarecimentos acerca os fatos acerca de notícia publicada sobre a comercialização de um de seus lotes.

A empresa emitiu, de forma voluntária, comunicado de recolhimento do Lote 320 de frango desfiado à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em 16 de abril. Ressaltamos que a D+ vende seus produtos apenas para indústrias, não tendo nenhuma venda direta ao consumidor.

Aproveitando a ocasião, a D+ Alimentos reafirma seu compromisso com a ética e a segurança alimentar e ressalta que estabelece rígidos controles em todo o seu processo, da industrialização à entrega. Todos os insumos utilizados passam por criteriosos e constantes processos de avaliação e análises, sendo adquiridos junto a fornecedores de primeira linha, tidos entre os melhores do país. A empresa é certificada e segue normas de qualidade e segurança alimentar que asseguram produtos de alta qualidade”.

Veja mais

isis valverde doenca celiaca
Dieta famosa pode causar má formação no bebê

Comentários



Veja mais