Garota de 14 anos confessa ataques racistas contra filha de Bruno Gagliasso

Por: Bruna Romanini

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Foto: Reprodução Instagram

A jovem de 14 anos que fez ataques racistas contra Titi, filha de Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank, achava que ficaria impune

Na manhã desta terça-feira (20), a polícia Civil do Rio de Janeiro cumpriu dois mandados de busca e apreensão em Guarulhos e um em Itaquaquecetuba, em São Paulo. Eles fazem parte de Operação Gagliasso, que busca os responsáveis pelas ofensas racistas à pequena Titi filha do ator Bruno Gagliasso e da atriz Giovanna Ewbank, em uma foto postada pela atriz em suas redes sociais.

Sete pessoas foram levadas para prestar esclarecimentos. Entre elas, uma adolescente de 14 anos que confessou ser uma das autoras das ofensas racistas à Titi, de três anos. A garota relatou ter criado um perfil falso em rede social para fazer as ofensas, acreditando que assim ficaria impune.

Cadastre-se

Durante a Operação, que contou com a Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), e com o apoio do Departamento Geral de Polícia Especializada (DGPE), do Centro Integrado de Inteligência e Controle do Estado de São Paulo e do Grupo Armado de Repressão a Roubos (GARRA) da Polícia Civil de São Paulo, foram apreendidos celulares e pessoas.

A delegada Daniela Terra, titular da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), continua ouvindo os suspeitos e investigando o caso.

Saiba mais sobre o acaso aqui.

Veja mais

beyonce-gemeos-internados1

Deixe uma resposta

Comentários