Guarda-vidas salva criança do ataque de pedófilo em praia de SP

Por: Bruna Romanini

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Foto: Reprodução G1

Roberta Costa agiu rapidamente e conseguiu evitar que o pior ocorresse com um menino de 8 anos

Uma verdadeira heroína impediu que o pior acontecesse com um menino de apenas oito anos em uma praia de Santos, no litoral do estado de São Paulo. Graças a guarda-vidas Roberta Alessandra Oliveira Costa, o menino não foi abusado sexualmente por um pedófilo.

O caso ocorreu na última terça-feira (20) por volta das 13h. O menino estava na praia acompanhado da família e se distanciou dos familiares para brincar na beira da água do mar. Foi quando um homem apareceu e tentou levar o menino à força para dentro do mar. “Eu fico de olho em tudo e, quando esse homem chegou, ele ficou rondando as pessoas e chegou até a passar a mão na cabeça de uma menininha. Então, eu já estava achando toda a situação muito esquisita. Depois, ele chegou perto do menino sozinho na água e o abraçou. Como eu já tinha visto a criança com a família, sabia que ele não era um familiar”, contou Roberta em entrevista ao portal de notícias G1.

Cadastre-se

Ao ver o homem tentar arrastar o menino para dentro do mar, Roberta decidiu agir. “Eu fui atrás deles e, quando cheguei, perguntei para a criança se ela sabia quem era aquele homem. Ela disse que não e eu rapidamente tentei tirar o menino dos braços daquela pessoa. O homem disse que queria beijar a criança”, explicou Roberta em entrevista ao portal G1.

O homem ainda tentou puxar a criança para si, mas em uma segunda tentativa Roberta conseguiu pegar o menino e sair da água com ele. “Eu contei toda a situação para o pai do menininho e nós chamamos a polícia e o corpo de bombeiros. Depois, fomos até o homem que o arrastou para o mar. Ele tentou fugir e nós o detemos. Logo em seguida, todo mundo foi para a delegacia”, relatou em entrevista ao portal G1.

Roberta também relatou que toda a situação ocorreu muito rápido e que isto a deixou preocupada. “Eu também sou mãe e sei como precisamos estar alertas o tempo todo. Qualquer distração pode ser um momento para pessoas más intencionadas. Talvez o meu sexto sentido de mãe tenha ajudado”, disse em entrevista ao portal G1.

O suspeito tem 29 anos, não estava alcoolizado e tem outras passagens pela polícia, por homicídio e furto. O caso foi encaminhado à Delegacia da Defesa da Mulher, onde foi dada voz de prisão ao rapaz já que houve flagrante. O homem ficará preso na cadeia anexa ao 5º Distrito Policial.

guarda-costas1

Veja mais

beyonce-gemeos-internados1

Deixe uma resposta

Comentários