Igreja Católica toma decisão sobre padre que bateu em bebê no batizado

Por: Bruna Romanini

O padre é francês, tem 89 anos e se chama Jacques Lacroix, ele bateu no bebê por chorar no batizado

O padre que agrediu um bebê por chorar no seu batizado foi identificado e a Igreja Católica tomou uma decisão sobre ele. O padre se chama Jacques Lacroix, tem 89 anos e estava na igreja Champeaux em Melun, na França.

O padre estava batizando um bebê no último domingo (17/06) quando o pequeno começou a chorar durante a cerimônia. Inicialmente, o padre tentou acalmar o bebê, mas foi se irritando com o choro do pequeno e acabou dando um forte tapa em seu rosto.

O pai do menino ficou indignado com cena e separou o menino do padre logo após o tapa. O vídeo do padre batendo no menino acabou viralizando nas web.

Cadastre-se

E agora, o bispo da região, Jean-Yves, afirmou que o padre foi impedido de realizar batizados e casamentos. “Este gesto é ainda mais triste porque o batismo deveria ser um momento feliz, mas o cansaço e a idade avançada claramente acabaram contribuindo para a atitude do padre”, afirmou o bispo.

O padre também falou sobre o assunto. Em entrevista à rádio francesa Info nesta sexta-feira (22/06), o padre fez alguns comentários polêmicos sobre o caso: “Não foi bem um tapa, foi algo entre um carinho e um tapa. Eu queria acalmá-lo e não sabia o que fazer. A criança estava chorando muito e eu tive que virar sua cabeça para colocar água. Eu falei para ele se acalmar, mas não adiantou. Então eu tentei segurar ele, eu só queria que ele se acalmasse. Eu peço desculpas à família pelo que fiz e este foi o meu último batizado”, disse o padre. Entenda melhor o caso do padre.

Comentários





Veja mais