Juliana Alves descobre problema causado pela gestação e inicia tratamento

Por: Bruna Romanini



Foto: Reprodução Instagram – Confira o que a atriz Juliana Alves disse sobre sua diástase abdominal

A atriz Juliana Alves falou sobre o diagnóstico de diástase abdominal pós-parto

A atriz Juliana Alves falou sobre um problema que descobriu quase um ano após dar à luz sua primeira filha, Yolanda. A atriz contou que sua fisioterapeuta Fabrícia Feitosa diagnosticou que ela está com diástase abdominal pós-parto. “Eu percebi que mesmo depois de um tempo de tratamento, cuidados com a alimentação e atividade física, o meu volume abdominal continuava e a Fabrícia fez o diagnóstico através de um examezinho”, afirmou a atriz.

A diástase abdominal no pós-parto é uma condição que afeta uma em cada quatro mulheres que engravidaram. Ela ocorre porque durante a gestação, os músculos do abdômen se esticam muito. Após se esticarem tanto, dois músculos que ficam de forma paralela e vertical no meio do abdômen podem acabar não conseguindo voltar totalmente e ficam mais separados um do outro.

Cadastre-se

Além de ter uma aparência que não agrada muitas mães, a diástase também pode levar a complicações como enfraquecimento dos músculos do abdômen o que leva a dor na parte de baixo das costas tornando difícil levantar objetos e fazer outras atividades do dia a dia.

A diástase pode ser tratada com fisioterapia e em últimos casos a cirurgia pode ser necessária. Juliana iniciou um tratamento com sua fisioterapeuta chamado LFP – Low Pressure Fitness. “Então, depois que a gente faz a avaliação prévia a gente usa o método (LFP) para realmente trabalhar em cima desse tônus muscular e devolver essa aproximação do reto abdominal”, explicou Fabrícia Feitosa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Veja mais

Comentários





Veja mais