Médico revela as tristes palavras deste menino antes de desaparecer

Por: Bruna Romanini

Foto: Reprodução Polícia – Um médico falou sobre as palavras deste menino e impressionou

O menino de cinco anos foi encontrado sem vida após sete dias e seus pais estão presos

O médico que atendeu o menino de apenas cinco anos, Andrew Freund Jr, revelou na última sexta-feira (26/04) as tristes palavras que ouviu dele quando o atendeu em dezembro de 2018. O pequeno Andrew foi encaminhado ao hospital após a polícia ter recebido uma denúncia sobre seus pais JoAnn Cunningham e Andrew Freund Sr.

Os policiais foram até a casa da família em Crystal Lake nos Estados Unidos após a denúncia de que os filhos três filhos do casal estavam sofrendo maus tratos. Ao chegarem na casa da família, além de encontrarem um ambiente muito sujo e cheirando a urina, eles ainda constataram que o pequeno Andrew estava com machucados no corpo.

Links Patrocinados

Eles levaram a família para a delegacia, onde a criança afirmou que seus machucados haviam sido causados pelo cachorro da família. Ele depois foi encaminhado ao hospital e os pais foram liberados pelos policiais.

No hospital, o médico não conseguiu determinar a causa dos machucados, mas ouviu as seguintes palavras da criança: “Talvez alguém tenha me batido com um cinto. Talvez a mamãe não quisesse me machucar”.

Links Patrocinados

Este caso ocorreu quando os pais do pequeno Andrew já haviam passado por uma série de situações que indicavam que eles estavam sendo negligentes e mau tratando os filhos. Os primeiros 18 meses de vida de Andrew foram sob a guarda do conselho tutelar porque ele nasceu com drogas em seu organismo, devido ao uso de substâncias feito por sua mãe na gravidez.

Quando os pais tiveram a guarda do pequeno, eles chegaram a ser encontrados desmaiados em um carro ambos sob os efeitos de drogas.

Diante de tudo isso, o governo ainda usou a casa de JoAnn como um lar temporário para duas crianças. Uma das crianças de apenas sete anos denunciou JoAnn por maus tratos. A criança foi retirada do local e a casa de JoAnn não foi mais usada como lar temporário.

Mas os filhos biológicos de JoAnn continuaram vivendo lá com os pais. O conselho tutelar realizou 27 visitas a família, sendo 18 surpresas e mesmo assim não conseguiram identificar nada que considerassem um problema grave.

Na última quarta-feira (24/04), o corpo do pequeno Andrew foi encontrado enterrado em uma reserva ambiental, uma semana após seus pais terem relatado seu desaparecimento. A polícia conseguiu comprovar que foram os pais que causaram a morte do pequeno.

Agora, o conselho tutelar revelou que os responsáveis por acompanhar a família do pequeno Andrew por todos esses anos foram afastados de seus cargos, pois falharam em observar o eminente perigo que a criança e seus irmãos estavam correndo. Os irmãos do pequeno Andrew estão sob os cuidados do conselho tutelar.

Foto: Reprodução Polícia – A mãe do menino de cinco anos está presa

Foto: Reprodução Polícia – O pai da criança também está preso

Comentários

Links Patrocinados