Bebê só quer a mãe: causas e o que fazer

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Entenda a fase do apego e como fazer o bebê ficar mais independente da mãe

O bebê só quer a mãe? Calma, em alguns momentos isso é normal. “Existe a idade do apego, em torno do nono mês de vida, o bebê tem um maior apego com a mãe, isso faz parte do desenvolvimento da criança, nessa fase isso é normal”, observa a pediatra Tatiana Miranda, coordenadora do pronto socorro infantil do Hospital Leforte.

A atitude dos pais, principalmente da mãe, neste momento é essencial para que esse comportamento não continue e atrapalhe no desenvolvimento neuropsicológico do bebê. “Nessa fase a mãe deve ter consciência que é normal ele ficar mais apegado, não querer ir com outras pessoas, e que isso vai passar, não se deve forçar ele a ficar com outras pessoas se ele chorar muito, e a questão para o bebê é a segurança da presença da mãe”, diz Tatiana Miranda.

Cadastre-se

Também é importante que passado essa fase, a mãe não desenvolva o apego ao bebê, ou seja, quando ele começar a aceitar novamente mais outras pessoas do seu convívio que a mãe não se sinta incomodada, com “ciúmes” e desestimule o bebê a ir com outras pessoas. “A convivência com outros adultos e crianças é fundamental para o bom desenvolvimento neuropsíquico do bebê. Crianças muito apegadas a mãe tornam-se pessoas inseguras, e desenvolvem baixa autoestima, pois não acreditam serem capazes de enfrentar problemas sozinhos”, ressalta Tatiana Miranda.

Em outros momentos, além dos nove meses, a dificuldade para ficar com outras pessoas pode ocorrer devido ao zelo excessivo dos pais. Um exemplo disso é a a mãe querer fazer tudo sozinha em relação ao filho e acabar não permitindo a aproximação de outras pessoas.

A personalidade da criança também pode influenciar nesta maior proximidade com a mãe. Isto porque alguns bebês têm uma tendência ao apego exagerado e não aceitam o distanciamento.

Para que a criança de adapte a outros adultos, a mãe pode começar ficando próxima a outra pessoa, assim o pequeno irá perceber que ela é confiável e aos poucos irá se aproximar.

Caso a dificuldade esteja no fato do bebê só querer o colo da mãe e não aceitar ficar no berço ou carrinho, é importante tornar o ambiente em que ele ficará confortável. Coloque objetos importantes para o bebê naquele local, como o paninho ou o brinquedo favorito. No começo é importante que a mãe fique ao lado da criança enquanto ela estiver no berço ou carrinho.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários