Sinais de que a fralda do bebê está confortável ou não

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Veja como saber se a fralda está justa ou larga demais e quais os sinais de alergias no pequeno

Seu bebê irá usar fraldas praticamente o tempo inteiro, por isso, é essencial que elas fiquem confortáveis. A seguir, veja quais os principais sinais de que a fralda está confortável ou não no seu bebê:

Fralda apertada

Cadastre-se

Quando a fralda está apertada demais apenas o bumbum da criança fica coberto. “Deixando todas as costas de fora. Além disso, o bebê fica com os cantinhos da perna e do bumbum avermelhados pela pressão do elástico”, explica a pediatra Fabíola Peixoto La Torre do Hospital Leforte.

Ao fechar a fralda do bebê note também se as fitas adesivas  da fralda estão muito separadas um da outra. “Observe  se o fecho está muito abaixo do umbigo e se os cantinhos das pernas e do bumbum do bebê ficam avermelhados devido à pressão do elástico”, destaca Fabíola La Torre.

Outro sinal de que a fralda está apertada é que fica difícil colocar o dedo entre a fralda e o bebê, pois fica muito apertado. “O ideal é que sobre pelo menos um dedo da mãe entre a barriga do bebê e a fralda. Outro sinal de que a fralda está apertada ou larga é o vazamento”, explica a Baby Planner Carol Baldin, do Instituto Mãe.

Por fim, um sinal importante de que a fralda está apertada ou larga é o humor do bebê. Isto porque alguns pequenos tendem a ficar irritados quando suas roupas ou fraldas não servem bem.

Fralda larga

Quando a fralda está larga demais, as fitas que a fixam ficam muito próximas ou se sobrepõe. “As costas e barriga do bebê ficam muito encobertas pela fralda. Quando o pequeno se move, a fralda também mexe e sai do lugar e ao colocar o dedo entre a fralda e a barriga do bebê sobra muito espaço”, diz Fabíola La Torre.

Fraldas largas também podem levar ao vazamentos e mudanças de humor no bebê, que pode se irritar por usar algo que não está servindo bem.

Sinais de que o bebê está com alergia

Os sintomas de alergia na pele do bebê podem ser coceira, manchas vermelhas ou vermelhidão áspera, úmida, seca ou escamosa com formação ou não de pequenas bolhas. O bebê também pode ter dermatite de fralda ou assadura. “É uma inflamação da pele que ocorre devido ao contato com urina ou fezes. É muito comum em crianças, especialmente menores de dois anos de idade, grupo que mais usa fraldas. A dermatite de fralda provoca uma sensação de queimação na pele e vermelhidão nas áreas que entraram em contato com a fralda”, explica Fabíola La Torre.

Hora da troca 

O bebê costuma chorar quando está com a fralda suja. Então, quando seu pequeno começar a chorar uma das primeiras coisas que devem ser observadas é se ele fez xixi ou cocô. Saiba que a recomendação para prevenir assaduras é trocar a fralda assim que o bebê fizer xixi ou cocô ou de três em três horas, caso não a tenha sujado.

Veja dicas de como comprar a fralda do bebê aqui. E veja dicas de como trocar a fralda aqui. 

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários