60 substâncias tóxicas são encontradas em fraldas descartáveis pra bebês

60 substâncias tóxicas são encontradas em fraldas descartáveis pra bebês

60 substâncias tóxicas são encontradas em fraldas descartáveis pra bebês

Entenda se fraldas descartáveis são seguras

Veja os perigos escondidos em fraldas descartáveis

Um estudo francês fez um relatório preocupante sobre as fraldas descartáveis para bebês, entenda

Um estudo francês sobre fraldas descartáveis para bebês fez uma descoberta muito preocupante. A Agência Nacional de Segurança Sanitária de Alimentação, do Meio Ambiente e do Trabalho (Anses) da França emitiu um relatório no qual aponta a presença de diversas substâncias tóxicas nas fraldas descartáveis.

Entre as substâncias encontradas estava até mesmo o glifosato, um agrotóxico apontado como causador de câncer quando tem seu uso contínuo na agricultura.

O estudo ainda apontou que em muitos casos há uma concentração acima do recomendado de certas substâncias nas fraldas.

De acordo com o jornal francês Le Monde, o estudo identificou cerca de 60 elementos tóxicos nas fraldas descartáveis.

Entre as substâncias há perfumes, acrescentados intencionalmente, algo que a agência não recomenda. Além disso, há substâncias como o PCB-DL que é um derivado do cloro, furanos que são inflamáveis e tóxicos e hidrocarbonetos aromáticos policíclicos. Este último é resultado da combustão a altas temperaturas que geralmente é achado em queima de diese ou fumaça de cigarro.

23 marcas de fraldas descartáveis da França foram analisadas no estudo. Contudo, o nome de nenhuma marca foi divulgado pela Anses.

Comentários