“É uma criminosa e ela vai ser presa”, diz Bruno Gagliasso ao deixar delegacia