Mãe de Nara Almeida fala pela 1ª vez por que ficou 22 anos sem ver a filha

Por: Bruna Romanini



nara alemeida mãe

Foto: Reprodução Instagram – Confira a seguir o depoimento de Eva

Eva Almeida tem sido muito julgada nas redes sociais por não ter criado a filha Nara Almeida

Eva Almeida, mãe da influencer digital e youtuber Nara Almeida, que faleceu aos 24 anos na última segunda-feira (21/05) devido a um câncer raro no estômago, falou pela primeira vez sobre um assunto polêmico.

Ocorre que Eva tem sido muito julgada nas redes sociais por não ter criado Nara e ter passado 22 anos sem ver a filha. Em seu Instagram, ela inclusive precisou bloquear boa parte dos comentários. Nara foi criada pela avó no interior do Maranhão. Eva, que vivia em Roraima, só reencontrou a filha em setembro do ano passado após ter as passagens pagas pela atriz Larissa Manoela.

Cadastre-se

Eva explicou em entrevista ao portal Universa que se casou aos 16 anos com o pai de sua filha mais velha, Nayara, que hoje tem 28 anos. Ela engravidou rapidamente de Nayara, mas vivia em um relacionamento abusivo. O casamento acabou e após alguns anos ela conheceu o pai de Nara e engravidou da influencer aos 18 anos.

Após o parto, Eva começou a ter algumas complicações e pouco tempo depois descobriu que sofria com uma hepatite aguda. Ela foi operada com urgência devido a uma obstrução no fígado e durante este período sua mãe biológica, Eva também foi criada por outra família, acolheu Nara e a irmã. “A Nara ficou comigo até os seus 11 meses de vida. Quando ela completou um ano, a visitei e minha mãe pediu para cuidar das minhas filhas, porque tinha se apegado a elas e dizia que era uma forma de se desculpar por não ter me criado”, contou Eva em entrevista ao Universa. E então Nara ficou com a avó no Maranhão e Eva foi para Roraima.

Ela contou também que apesar de não ver a filha, falava com ela por vídeo, mensagens e telefonemas. “É mentira isso que a gente não se falava. As pessoas julgam sem saber. Nos falávamos por vídeos, mensagens, telefonemas. O tempo foi passando e acabamos nos acomodando, mas não foi falta de amor”, contou Eva na entrevista.

A mãe também falou sobre o período em que ficou cuidando da filha, em seus últimos meses de vida. “Minha dívida com a minha filha foi paga e ela não tem mágoa de mim. Ela sabe a mãe que fui e me sinto uma pessoa melhor. Recuperei todo o tempo em que estivemos longe. No começo da vida dela fui eu e ela, assim como no final. Nós duas”, afirmou Eva.

Foto: Reprodução Instagram – Eva fez este post em suas redes sociais em novembro do ano passado, após sofrer julgamentos na internet

Veja mais

Comentários



Veja mais