Mãe tira vida de seu menino com deficiência ao pôr vodka na sua sonda

Por: Bruna Romanini

Foto: Reprodução Polícia – Entenda o triste caso deste menino e de sua mãe

O menino de 13 anos sofria uma série de complicações que prejudicavam seu desenvolvimento

Uma mãe foi condenada por ter tirado a vida de seu menino de 13 anos. A condenação final de Melissa Robitille, 43 anos, de Hardwick nos Estados Unidos ocorreu nesta sexta-feira (17/05). Ela foi condenada a 12 anos de prisão pela morte do filho Isaac.

De acordo com o promotor do caso, Melissa e seu namorado, Walter Richters, colocaram vodka na sonda alimentar de Isaac matando-o por envenenamento por álcool. O namorado de Melissa foi condenado a três ano de prisão.

Links Patrocinados

Isaac tinha uma série de deficiências. Ele era cego, não tinha ouvidos, tinha fenda palatina e atrasos no desenvolvimento físico e mental. Isaac precisava de cuidados em tempo integral.

No dia em que faleceu em 2014, Isaac estava tendo um dia particularmente difícil. A mãe alegou para seu namorado que colocar vodka na sonda alimentar iria apenas acalmá-lo.

Links Patrocinados

A defesa da mãe chegou a alegar que não havia como provar que a quantidade de álcool que ela colocou na sonda do filho era suficiente para tirar sua vida, mas o juiz discordou da alegação. “Na época do crime Isaac pesava apenas 22 quilos, ele estava extremamente vulnerável, especialmente por causa de sua diabetes e outras condições, portanto, a mãe sabia que qualquer quantidade álcool era extremamente perigosa para a vida de Isaac”, afirmou o juiz.

Comentários

Links Patrocinados