Pai faz alerta após seu filho de 4 anos ser atacado no rosto por 2 cães

Por: Bruna Romanini

menino ataque cachorro

Foto: Reprodução – O pequeno Matthew foi atacado no jardim de sua casa

Dustin Guess quer que haja maior fiscalização das prefeituras sobre quem cria cães de raças potencialmente perigosas

O pai Dustin Guess está passando pelo momento mais difícil de sua vida. Isto porque seu filho de quatro anos, o pequeno Matthew, está se recuperando no hospital após ter sido atacado por dois cães da raça Pit Bull.

O menino foi atacado pelos cães de seu vizinho enquanto brincava no jardim de sua casa no estado do Arkansas, Estados Unidos. Um dos cachorros puxou Matthew pelas pernas enquanto o outro atacou seu rosto. O pai também estava do lado de fora da casa no momento do ataque e correu para ajudar seu filho assim que viu o ataque. “Eu me lembro do meu filho gritar: ‘papai, eles têm o meu rosto’”, contou Dustin em entrevista ao canal de televisão NWA.

Cadastre-se

Após conseguir salvar seu filho, Matthew foi direto para o hospital. O ataque ocorreu no dia 6 de abril e desde então o menino já passou por três cirurgias e segue internado. Ele ainda irá precisar de uma série de cirurgias para reconstruir seu rosto. Mas ao menos ele não corre mais risco de vida. “Eu não tenho palavras para descrever a dor, a raiva e a solidão que eu estou sentindo no momento”, contou Dustin.

Dustin decidiu compartilhar sua história para que outros pais não tenham que passar pela mesma tragédia que ele. Ele quer que as prefeituras fiscalizem melhor os donos de cães, especialmente daqueles de raças potencialmente perigosas. “Eu sinto que precisamos ter uma maior segurança em relação a isso. É preciso ter algo para protegermos nossas crianças”, disse Dustin.

De acordo com a polícia, já se sabia que os cachorros que atacaram o pequeno Matthew eram bravos e depois descobriu-se que apenas um deles havia tomado a vacina contra raiva. O dono dos cachorros foi notificado pela polícia e somente agora terá que seguir orientações especificas da polícia em relação a criação de seus cachorros.

Foto: Reprodução – O pequeno Matthew durante sua recuperação

Veja mais

Comentários





Veja mais