Pai que matou seus cinco filhos é condenado à morte

Pai que matou seus cinco filhos é condenado à morte

pai filhos

Este pai matou seus cinco filhos com idades entre um e oito anos

O julgamento do pai ocorreu na Carolina do Sul nos Estados Unidos, quase cinco anos após o crime

O pai que tirou a vida de seus cinco filhos com idades entre um e oito anos foi condenado à morte. Timothy Jones Jr assassinou seus filhos em agosto de 2014. A condenação ocorreu nesta quinta-feira (13/06) na Carolina do Sul nos Estados Unidos.

Um dia antes da condenação, a mãe das crianças e ex-mulher de Timothy, Amber Kyzer, chegou a fazer um pedido para que o júri não o condenasse a morte alegando que “os meninos o amavam”.

O advogado de Timothy tentou alegar que ele cometeu o crime após ter sido abandonado pela esposa que o trocou pelo vizinho que ainda era adolescente. O advogado afirmou que após o fim do relacionamento, Timothy começou a usar drogas, o que teria feito com que sua esquizofrenia piorasse.

Os argumentos do advogado não convenceram o júri. Por unanimidade, eles decidiram pela condenação à morte. Se apenas um dos membros do júri tivesse mudado de opinião, Timothy receberia a pena de prisão perpétua sem direito a condicional.

O crime cometido pelo pai

No julgamento foram revelados detalhes do crime. Timothy primeiro tirou a vida do filho mais velho, Nathan de oito anos, obrigando-o a fazer exercícios até desmaiar e morrer. Algumas horas depois, ele estrangulou os outros quatro filhos: Merah e Elias, ambos de sete anos, Gabriel, dois anos e Abigail, um ano.

Comentários



Veja mais