Pais deixam bebê morrer após não a levarem ao médico por causa de sua religião

Por: Bruna Romanini



Foto: Reprodução Facebook – Entenda o triste caso deste bebê a seguir

Entenda a seguir o caso revoltante de pais que deixaram sua bebê de 10 meses morrer após se recusarem a leva-la ao médico

Os pais Seth Welch e Tatiana Fusari Welch, ambos de 27 anos, vão responder pelo homicídio doloso de sua bebê de 10 meses, Mary.

A pequena morreu de desnutrição e desidratação em Michigan nos Estados Unidos após os pais se recusarem a leva-la ao médico quando ela começou a apresentar problemas de saúde. Os pais se recusaram a levar a filha ao médico por causa de sua religião.

Cadastre-se

Mary faleceu na última quinta-feira (02/08), os policiais que chegaram ao local após terem sido chamados pelo pai da criança que ligou para a emergência afirmando que havia encontrado a bebê morta no berço, relataram que a pequena estava com os olhos fundos e bochechas fundas, sinais de desnutrição.

Na sexta-feira (03/08) uma autópsia foi feita na bebê e constatou-se o que os policiais já suspeitavam: Mary faleceu devido à desnutrição e desidratação por causa da negligência de seus pais.

Em depoimento à polícia, os pais de Mary relataram que há cerca de um mês já haviam percebido que a menina estava abaixo do peso, mas decidiram não buscar ajuda médica. De acordo com o depoimento dado à polícia, o casal alegou que não buscou ajuda médica “por medo de que o Serviço de Proteção à Criança fosse chamado, por não confiarem nos médicos e por questões religiosas”.

Em suas redes sociais, o pai de Mary já fez diversos vídeos no qual falava sobre suas crenças religiosas e sua posição contrária à medicina. Em um dos vídeos, ele disse que não vacinou seus filhos porque “Deus é soberano sobre as doenças”.

Além de Mary, Seth e Tatiana também são pais de outras duas crianças de dois e quatro anos. Tatiana também está grávida do quarto filho do casal. Eles estão presos e na segunda-feira (06/08), a juíza decretou que eles vão responder pelo crime de homicídio doloso (quando há a intenção de matar) e negligência. A juíza também determinou que eles vão aguardar o julgamento na prisão.

A reação do pai Seth diante da sentença impressionou muitos internautas, isto porque ele ficou com a boca aberta aparentemente chocado com o fato de que foi condenado pela morte da filha. “Ele parece surpreso! A impressão que dá é que ele achava que não seria punido pelo assassinato da filha”, disse um internauta. “Eu não consigo entender a reação dele. Boca aberta, chocado. O que ele achou? Que não seria condenado pelo assassinato da filha?!”, comentou outro internauta.

Foto: Reprodução Daily Mail – A reação do pai Seth ao descobrir que responderá por homicídio doloso pela morte da filha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Veja mais

Comentários





Veja mais