Prefeitura choca com revelação sobre real causa da morte do neto de Lula

Por: Bruna Romanini

Foto: Reprodução Instagram – A prefeitura de Santo André fez uma revelação sobre a real causa da morte do neto de Lula

Ao contrário do que foi divulgado, o pequeno Arthur, neto do ex-presidente Lula, não morreu devido à meningite

A prefeitura de Santo André revelou na última segunda-feira (01/04) que o neto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o pequeno Arthur, não faleceu em decorrência de uma meningite. O menino tinha apenas sete anos quando faleceu no dia 1ª de março.

No dia de seu falecimento, o Hospital Bartira da Rede D’Or São Luiz, localizado em Santo André onde o menino estava internado, divulgou que a causa da morte de Arthur haviam sido complicações em decorrência de uma meningite meningocócica.

Links Patrocinados

Contudo, agora a prefeitura de Santo André emitiu uma nota informando que a meningite meningocócica não foi a causa da morte do menino.  A nota também informou que encaminhou amostras que foram coletadas no Hospital Bartira para o Instituto Adolfo Lutz em São Paulo. E os exames tiveram resultados negativos para meningite, meningite meningocócica e meningococcemia.

A nota não revelou qual é a real causa da morte do pequeno. O deputado federal Alexandre Padilha do PT comentou a revelação em suas redes sociais. “Apenas dois objetivos nos movem em relação a tais cobranças. O primeiro conseguimos: que a autoridade sanitária viesse a público, esclarecer à população que não se tratava de um caso de doença meningóccica para qual havia corrida por vacina. O segundo, que o Hospital Bartira/Rede D’or esclareça quais procedimentos de apuração já realizou para o vazamento de diagnóstico que se revelou antiético para com a família e irresponsável com a Saúde Pública da região”, disse o deputado.

Links Patrocinados

A Rede D’Or ainda não se manifestou sobre o novo laudo.

Comentários

Links Patrocinados