Mãe fala como REALMENTE é fazer o primeiro cocô após a cesárea (e não é bom)

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Poucas pessoas falam sobre o assunto, mas fazer o primeiro cocô após passar por uma cesárea pode ser bem complicado

Existe um momento após o parto que pode ser bem complicado para as mamães, especialmente se elas passaram por uma cesárea, e que quase ninguém fala sobre o assunto. Trata-se do primeiro cocô após o parto.

É isso mesmo que você leu. Fazer o número dois, especialmente após ter passado por um corte na barriga, pode ser bem complicado. E a mamãe Patrícia decidiu falar sobre o assunto em depoimento ao site Romper.

Cadastre-se

Patrícia passou por uma cesárea de emergência. E horas após o procedimento, precisou fazer cocô. “Foi muito ruim. Após passar por uma cesárea de emergência, meu corte ainda estava doendo e eles queriam que eu fizesse cocô. A verdade é que não havia cocô mole o suficiente que me fizesse não sentir dor na hora de fazer força para o cocô sair. Eu até chorei e uma enfermeira precisou segurar minha mão por 15 minutos até alguma coisa acontecer. E na hora do cocô sair, eu senti como se os pontos da minha cesárea e minha vagina fossem explodir. E eu ainda estava com um cateter, então toda vez que eu fazia força para o cocô sair parecia que minha vagina estava sendo atacada por alguma coisa”, relatou a mamãe.

Veja mais

monica benini junior parto

Comentários





Veja mais