Poltrona de amamentação: tire suas dúvidas

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Veja dicas ao escolher a poltrona de amamentação e como segurar o pequeno nela

A poltrona de amamentação não é um item indispensável para as mães. “Não são necessários itens assessórios específicos para amamentação – almofadas, travesseiro e poltronas podem ser úteis mas não são imprescindíveis e se comprados, devem ser confortáveis, fáceis de limpar e de locomover. O custo não deve ser alto, evitando a mulher a se sentir pressionada a usar a poltrona mesmo que não se sinta confortável nela”, diz médica de família e comunidade Denize Ornellas, membro da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (SBMFC).

Caso queira adquirir uma poltrona de amamentação é interessante observar alguns pontos. “Você ficará mais confortável em uma cadeira com braços ou com almofadas que apoiem seus braços enquanto você amamenta”, diz o pediatra e neonatologista Jorge Huberman.

Cadastre-se

Também é importante ter alguns cuidados ao segurar o bebê durante a amamentação na poltrona. “Procure carregá-lo em uma posição semi-erguido. Não amamente-o enquanto ele estiver totalmente deitado, pois isso aumenta o risco de sufocação, esta posição também pode fazer com que o leite chegue até o ouvido, provocando infecção.  Segure o peito de tal forma que o mamilo preencha todo o bico. Assim o bebê não engolirá ar ao sugar. Para fazer com que o bebê abra a boca para mamar, estimule o reflexo roçando o lábio inferior ou a bochecha do bebê com o bico do seio. Assim que ele colocar o bico na boca, começará naturalmente a sugar”, afirma Jorge Huberman.

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários