Tempo seco: cuidados importantes com o bebê

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Veja como umidificar o ambiente que o bebê fica, os cuidados ao sair com o pequeno e muito mais

O tempo seco aumenta o risco de o bebê ter alguns problemas de saúde. “Ressecamento em boca, olhos e vias respiratórias, aumentando a incidência de doenças alérgicas e respiratórias”, explica a pediatra Rafaella Gato do Hospital Leforte.

Por isso, é essencial ter alguns cuidados com o seu bebê. “Hidratá-lo bem oferecendo bastante água nos intervalos das refeições e para bebês em aleitamento materno exclusivo manter a livre demanda oferecendo mais vezes os seios. A mamãe que amamenta também deve tomar bastante líquido”, orienta Rafaella Gato.

Cadastre-se

A lavagem nasal e ocular com soro fisiológico também é indicada e para crianças alérgicas a inalação com soro também ajuda nas crises de tosse seca causadas pela baixa umidade.

Também é importante tentar deixar o ambiente onde o bebê fica mais úmido. “Colocar um recipiente no ambiente onde fica o bebê (bem longe do seu alcance), assim como uma toalha úmida estendida podem ajudar bastante. Os umidificadores necessitam de manutenção e limpeza muito frequente e podem ser tão prejudiciais quanto o tempo seco, sendo que medidas mais simples são mais recomendadas. O uso desses aparelhos pode elevar demais a umidade e provocar a proliferarão de fungos e ácaros no ambiente tornando-o mais perigoso para a criançada, principalmente os que têm doenças alérgicas”, alerta Rafaella Gato.

Quando for sair com seu bebê procure levar água para a hidratação (caso seu bebê tenha mais de seis meses) e soro fisiológico para eventual aplicação quando necessário. “Evite os horários mais quentes do dia (10h – 16h) quando a umidade estará ainda mais baixa”, conta Rafaella Gato

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários