Padre afoga bebê na hora do batismo e mãe toma uma atitude

Padre afoga bebê na hora do batismo e mãe toma uma atitude

Padre machucou o bebê durante o batizado

O padre afogou o bebê durante o batizado

A situação ficou tão grave que a mãe precisou parar o batismo no meio e pegar seu bebê a força

Um padre foi suspenso por um ano após ter submergido violentamente um bebê na água durante o batismo. O caso ocorreu em São Petersburgo na Rússia em uma cerimônia da Igreja Ortodoxa Russa. O padre foi tão agressivo ao submergir o pequeno na pia batismal que a mãe precisou interferir.

Nas imagens do batizado, o padre submerge o menino de um ano na água violentamente cerca de quatro vezes, a criança está nitidamente em pânico com a situação. A mãe então não aguenta mais e tenta tirar o filho dos braços do padre.

O padre se recusa a entregar o filho para a mãe Anastasia Alexeeva de 24 anos. Anastasia precisa insistir e outras pessoas presentes são obrigadas a interferir para que ela pudesse pegar seu filho de volta.

Links Patrocinados

Em relato para a imprensa local, Anastasia contou que seu filho ficou machucado no pescoço e ombros por causa do padre. Ela também relatou que agora seu filho está “com medo de tudo, histérico e em pânico”.

A mãe ainda disse: “Este padre fez tudo para machucar meu filho! Ele viu que a pia batismal era pequena para ele e mesmo assim ficou tentando colocá-lo lá. Ele só precisa ter molhado a cabeça do meu filho, mas insistiu em mergulhá-lo e fez isso de forma violenta”.

Links Patrocinados

Antes de ser suspenso, o padre ainda fez uma declaração para a imprensa local que gerou indignação. Ele disse: “Nada do que aconteceu é minha culpa. A culpa é da mãe que ficou com as emoções muito fortes. Ela não tem experiência, não sabe como é um batizado”.

Mãe teve que interferir no batizado de seu bebê

O momento em que a mãe interferiu no batizado de seu bebê

Comentários

Links Patrocinados