O consumo de carnes, frango e peixes na gravidez

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Entenda por que carnes, frango e peixes na gravidez são importantes e saiba como comê-los

É importante ingerir carnes, frango e peixes na gravidez.  Isto porque esses alimentos são ricos em ferro, que irá prevenir a anemia, e proteínas. “As proteínas destinam-se ao crescimento e à reconstituição dos tecidos do corpo. A média de consumo diário para uma pessoa adulta é de um grama por quilo de peso. Para uma mulher grávida a média aumenta para dois gramas por quilo de peso”, explica a nutricionista Márcia Andrea de Melo Loureiro da Life Clínica.

A orientação é ingerir duas porções de carne, frango ou peixe por dia. Para deixá-los mais saudáveis retire a gordura aparente das carnes e a pele das aves antes da preparação. Consuma esses alimentos cozidos ou grelhados ao invés de fritos.

Cadastre-se

Os peixes do mar, especialmente aqueles vindos de águas profundas, como a sardinha e o salmão, devem fazer parte do cardápio pelo menos duas a três vezes por semana. “Isto porque eles são ricos em ácidos graxos ômega 3, que comprovadamente ajudam no desenvolvimento do cérebro e retina do feto”, conta Loureiro. Não abuse das carnes vermelhas, prefira as aves e peixes.

Saiba como deve ser o cardápio na gravidez, nesta outra reportagem do portal BebêMamãe.com.

 

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários