Pesquisa descobre capacidade incrível e inesperada dos bebês

Por: Bruna Romanini

Foto: Getty Images

Até este estudo os especialistas acreditavam que as crianças só teriam esta capacidade entre 4 e 5 anos

Os bebês são capazes de resolver problemas dedutivos aos 10 meses de idade! É o que aponta um estudo realizado por psicólogos da Emory University, nos Estados Unidos, e publicado na revista científica Developmental Science. “Nós descobrimos que durante o primeiro ano de vida as crianças conseguem se envolver neste tipo de raciocínio lógico, que se acreditava só ser possível entre os quatro e cinco anos de vida”, explica a psicóloga Stella Lourenco, responsável pelo estudo.

Resolver problemas dedutivos significa chegar a conclusões sem ter que experimentá-las. Por exemplo: se você sabe que o João é mais alto que a Maria e que a Maria é mais alta que o José, você deduz que João é mais alto que José. Você não precisa colocar o João e o José lado a lado para descobrir isto, você já deduziu! “Todo mundo sabe que os bebês aprendem rápido, são como pequenas esponjas capazes de sugar grandes quantidades de conhecimento. Esta pesquisa nos mostra muito sobre como os seres humanos aprendem. A capacidade de deduzir é uma ferramenta essencial para entender as relações sociais ao nosso redor e talvez até mesmo complexas interações não-sociais”, afirma Stella Lourenco.

Cadastre-se

Para chegar a esta conclusão, os pesquisadores fizeram um experimento não verbal com fantoches. Em um dos testes realizados com o bebê foram apresentados três fantoches: o hipopótamo, o elefante e o urso. A cena começa com o elefante segurando um brinquedo, aí o urso chega e toma o brinquedo do elefante. Depois, o hipopótamo chega e toma o brinquedo do urso. A dedução neste caso, seria de que o elefante é mais fraco e por isso não conseguiria tomar o brinquedo do hipopótamo, que pareceu ser o mais forte.

Porém, os especialistas mostraram um cenário em que o elefante pega o brinquedo do hipopótamo. Este cenário foi o que mais chamou a atenção dos bebês, pois foi uma quebra de expectativa do que os bebês haviam deduzido previamente, que o elefante era o mais fraco do grupo. “É notável que os bebês consigam fazer essas deduções sobre dominância social apenas com uma apresentação”, diz Stella Lourenco.

Saiba mais sobre o que se passa na mente do seu bebê aqui. 

Veja mais

Deixe uma resposta

Comentários