Casal pressionado a ter 2º filho agora quer dar o bebê pra adoção

Por: Bruna Romanini

Foto: Shutterstock – Imagem ilustrativa – Confira o desabafo de um casal que quer dar seu bebê de nove meses pra adoção

A família pressionou o casal a ter o segundo filho, mas agora não estão ajudando nos cuidados com o bebê de 9 meses

Um casal revelou que está querendo dar seu bebê de nove meses para a adoção. A mãe do pequeno, que ao que tudo indica é norte-americana, escreveu um desabafo anônimo na rede social Reddit sobre o desejo de dar o filho para adoção.

No desabafo, ela revelou que sua família pressionou ela e o marido a terem o segundo filho, eles já eram pais de uma menina de dois anos e meio. Mas após o nascimento do pequeno, eles se recusaram a ajudá-los e sequer conversam com eles. Ela também contou que por causa desta falta de apoio, ela e o marido estão considerando dar o filho caçula para a adoção.

Links Patrocinados

Confira o desabafo da mãe a seguir:

“Eu e meu marido estamos juntos há quatro anos e eu fiquei grávida no nosso primeiro ano de namoro. Nós tivemos uma linda filha e apesar do nosso relacionamento ser recente, nós nos sentimos confiantes o suficiente em nossa relação para decidirmos nos casar. Nossa casamento é muito feliz. E não sei se importa, mas nós temos 25 e 26 anos.

Links Patrocinados

Eu engravidei novamente oito meses após nossa filha nascer. Nós não estávamos prontos para outra criança, então eu fiz um aborto com 15 semanas de gestação. Nós não contamos para ninguém porque nossa família é contra o aborto.

A única pessoa para quem eu falei sobre isso foi minha irmã e hoje vejo que foi um erro. Minha irmã contou para minha mãe e nossa relação ficou ruim por um bom tempo. Mas depois, parecia que nós havíamos nos reconciliado e que ela tinha aceitado minha decisão pelo aborto.

A próxima parte da história vai parecer estranha para a maioria das pessoas. Mas eu me senti culpada por ter desapontado minha mãe ao fazer o aborto. Então, a minha parte irracional quis compensar minha mãe e eu acabei engravidando novamente. Minha mãe ficou muito feliz com a notícia. Eu expliquei para ela que nós não estávamos totalmente prontos para ter outro filho, mas minha mãe disse que estava aposentada e poderia nos ajudar com o pequeno.

Então, nosso segundo filho nasceu e minha família sumiu completamente de nossas vidas. Eles se mudaram, nos bloquearam nas redes sociais, não atendem nossas ligações, nunca mais falaram conosco. Minha mãe disse que estava fazendo isso como uma punição por eu ter tido um aborto antes e que nós não éramos mais parte da família e que eles não iriam nos ajudar. Todo o apoio que eu teria foi para zero em uma questão de semanas. Até mesmo minha irmã participou e também não fala mais comigo.

Agora nós temos uma filha de dois anos e meio e um filho de nove meses. Meu casamento está começando a ficar tenso. Nós não estávamos prontos para um segundo filho. E honestamente acho que nós nunca quisemos um segundo filho. Meu marido trabalha muito e eu preciso ficar em casa com as crianças porque nós não temos apoio nenhum. Eu não diria que nossas vidas são miseráveis, mas é algo próximo disso.

Eu falei com meu marido sobre dar o nosso filho caçula para a adoção, assim ele seria criado em um lar melhor. E não só isso, talvez nosso casamento fosse melhorar e poderíamos criar nossa filha melhor e continuar nosso caminho de ter só um filho. Meu marido está com muitas dúvidas e pediu alguns meses para podermos ajeitar tudo. Ele não quer dar nosso filho pra adoção, ele quer ficar com nossos dois filhos porque ama eles igualmente. Mas eu acho que lá no fundo ele sabe que estamos em uma situação difícil. Então, será que eu sou uma babaca por considerar dar meu bebê para adoção? Só mais uma observação, não é sobre dinheiro ou tempo, é sobre estresse e desejo de ter uma família menor”.

Foto: Reprodução Reddit – O desabafo da mãe sobre a vontade de dar seu bebê de nove meses para adoção

Comentários

Links Patrocinados