Líder de torcida que enterrou seu bebê quebra o silêncio e choca

Líder de torcida que enterrou seu bebê quebra o silêncio e choca

Líder de torcida que enterrou bebê em casa

Esta líder de torcida enterrou sua bebê no jardim de casa

A líder de torcida que enterrou seu bebê recém-nascido no jardim de casa afirma ser inocente

Uma líder de torcida que enterrou sua bebê recém-nascida no jardim de casa quebrou o silêncio e gerou grande polêmica. Isto porque a jovem admitiu que enterrou a filha no jardim de casa, mas afirma que quer ser inocentada de qualquer crime.

Brooke Skylar Richardson, 20 anos, de Ohio nos Estados Unidos está respondendo por homicídio e maus tratos. Isto porque a recém-nascida foi achada em 2017 enterrada no jardim de sua casa. E a patologista forense, Dra. Elizabeth Murray, que realizou a autopsia da recém-nascida constatou que ela sofreu fraturas no crânio antes de morrer.

Contudo, em julho de 2017, um outro médico revelou para a polícia que a recém-nascida pode ter nascido já sem vida. Os advogados de Brooke alegaram que foi justamente isso que aconteceu e que a jovem só enterrou a filha no jardim de casa porque ela havia nascido sem vida.

Links Patrocinados

Durante a gestação, Brooke recusou receber atendimento médico. Ela compareceu a um exame de ultrassom e depois não retornou para nenhuma consulta. A jovem, que então tinha 18 anos, também não respondeu as ligações de seu médico.

O julgamento da jovem ocorrerá no dia 3 de setembro. O fato da jovem alegar ser inocente está gerando indignação entre muitos internautas. “Isto é ridículo, eu não consigo imaginar tudo que esta recém-nascida passou Se ela não queria ser mãe há opções, poderia dar para adoção”, comentou uma internauta.

Links Patrocinados

Outra internauta ainda disse: “Ela poderia ter dado a filha para a adoção, mas ao invés disso ela decidiu matá-lo. Isto é muito triste”.

Líder de torcida quer ser inocentada pela morte de bebê

A líder de torcida quer ser inocentada pela morte de sua bebê

Comentários

Links Patrocinados