Mãe obriga menino a passar fome e não deixa ninguém lhe dar comida

Por: Bruna Romanini

Foto: Reprodução Polícia – O menino tinha apenas três anos quando sua mãe o privou de comer

O menino de apenas três anos não resistiu aos abusos da mãe e acabou morrendo de fome

Um menino de apenas três anos acabou morrendo de fome porque sua mãe se recusou a lhe dar comida. O pequeno Roman do Arizona nos Estados Unidos morreu de fome após sua mãe Raquel Barreras se recusar a lhe dar comida e não deixar que outras pessoas lhe dessem comida.

A mãe também proibia seus outros filhos, que também são crianças, de brincarem e de falarem com o pequeno Roman. O marido e pai da criança, Martin Barrera, também teria participado da tortura a qual o pequeno foi submetido.

Links Patrocinados

O julgamento da mãe acaba de ocorrer e o de Martin será no dia 22 de julho. A mãe foi condenada pela morte e tortura do próprio filho.

Durante o julgamento, a promotora do caso, Virginia Aspacher revelou que a mãe deixava o filho de três anos no porão de casa, isolado do restante da família e não o alimentava. “Demorou muito para o Roman morrer. Ele passou fome por muito tempo e ela viu isso. Ela causou isso. Nós não podemos mais ajudar o Roman. Mas podemos fazer justiça por ele, e o Roman merece essa justiça”, afirmou a promotora durante o julgamento.

Links Patrocinados

Alguns dos irmãos de Roman deram seus depoimentos sobre o que ocorreu com o pequeno. Eles se emocionaram e revelaram que a mãe não os deixava se aproximarem do irmãozinho e dizia que ‘não era da conta deles’. Alguns dos irmãos também contaram que algumas vezes conseguiam entrar escondidos no porão e dar bolachas para o pequeno Roman.

O pequeno Roman faleceu no porão da casa entre março de 2013 e janeiro de 2014. Sua história só foi revelada ao mundo quando a família se mudou da casa e os novos moradores encontraram o corpo do pequeno em março de 2014.

Foto: Reprodução Polícia – A mãe impediu seu menino de apenas três anos de comer

Foto: Reprodução Polícia – O pai também participou dos abusos e será julgado daqui alguns meses

Comentários

Links Patrocinados