Menino perde pernas e braços após dor de garganta virar infecção grave

Menino perde pernas e braços após dor de garganta virar infecção grave

Mãe de menino de 11 meses desabafou sobre o que aconteceu

A mãe deste menino de 11 meses contou o que aconteceu

O menino de 11 meses precisou ter as pernas e braços amputados por causa de uma infecção generalizada

Um menino de apenas 11 meses teve que ter seus braços e pernas amputados após uma dor de garganta não diagnosticada ter evoluído para uma infecção generalizada. A mãe do pequeno Oliver Aisthorpe, Abigail de Cleethorpes na Inglaterra, desabafou sobre o que aconteceu.

Ela revelou que no dia 16 de março notou a moleira de seu filho funda, o que realmente é um sinal de que há um problema de saúde, e levou o pequeno para o hospital. O médico que atendeu Oliver disse que provavelmente se tratava apenas de uma desidratação. Ele recebeu soro e foi liberado.

Contudo, em casa a condição de Oliver piorou e no dia seguinte sua mãe o levou novamente para o hospital. “Assim que chegamos a enfermeira percebeu que era grave e já chamou os médicos que começaram a tentar salvá-lo. Naquele momento eu ainda não havia entendido o que estava ocorrendo com meu filho. Eu pude ouvir o médico ligando para um médico de outro hospital e perguntando como tratar o Oliver. Lembro que as mãos e pés do meu filho começaram a ficar roxos”, relatou Abigail ao portal Yahoo News.

Links Patrocinados

Os médicos precisaram colocar Oliver em um coma induzido para tratá-lo. “Só então eu entendi que era realmente muito grave”, contou Abigail. Os médicos também descobriram que Oliver havia sofrido uma infecção generalizada em decorrência de uma dor de garganta que não foi diagnosticada.

O caso ficou tão sério que Oliver ficou de fato entre a vida e a morte. Felizmente, ele conseguiu sobreviver, mas seus braços e pernas precisaram ser amputados. “Oliver estava miserável com seus braços e pernas no estado em que ficaram, já haviam necrosado. Pode parecer estranho eu falar isso, mas chegou a um ponto em que eu queria que fossem amputados. Após passar pela cirurgia para retirar os braços e pernas, ele voltou a ficar feliz e cheio de vida, foi um alívio para ele”, relatou Abigail.

Links Patrocinados

Agora, Oliver está em casa se recuperando. Ele vai fazer as primeiras provas de próteses de braços e pernas em breve. “Algumas pessoas sentem pena de nós. Mas eu realmente acho que eu tenho muita sorte, pois meu filho ainda está comigo! Ele pode ter perdido os braços e as pernas, mas ele ainda é meu menino feliz e cheio de vida”, concluiu Abigail.

Mãe com seu menino que sobreviveu a infecção generalizada

A mãe com seu menino Oliver atualmente

Comentários

Links Patrocinados